Argentina tem recorde diário de casos de covid-19 pela 2ª vez seguida

04 Junho 2020
Na Argentina, Buenos Aires continua tendo maior número de casos de covid-19 Agustin Marcarian/Reuters - 19.5.2020

Pelo segundo dia seguido a Argentina reportou um número recorde de novos infectados pelo coronavírus, com 949, o que elevou o total de casos no país para 19.268. O número de mortes por covid-19 subiu para 583, sendo 13 nas últimas 24 horas.

O relatório emitido pelo Ministério da Saúde do país vizinho aponta que as vítimas mais recentes do vírus foram oito homens e cinco mulheres, entre 54 e 85 anos, moradores das províncias de Buenos Aires, Chaco, Córdoba e Río Negro.

Dos 19.268 casos detectados pelas autoridades sanitárias argentinas desde 3 de março, 977 são importados, 8.217 são contatos próximos de pessoas infectadas anteriormente, enquanto 6.941 são de circulação comunitária e 3.133 estão sob investigação epidemiológica.

A capital continua sendo a região com maior contágio até agora, com 9.318 notificações, das quais 467 foram comunicados na quarta (3).

Segundo fontes oficiais, em todo o país, há 288 pessoas internadas em (UTIs) unidades de terapia intensiva e 5.896 pacientes que já tiveram alta.

Até agora, foram realizados 172.947 testes para detectar o vírus, com uma taxa de 3.811 por milhão de habitantes.

A secretária de Acesso à Saúde da Argentina, Carla Vizzotti, disse ontem que quase 85% dos departamentos do país estão em uma situação de reabertura das atividades "programada e progressiva", em suas palavras.

"Continuamos com o foco da transmissão comunitária na região metropolitana de Buenos Aires. O maior número de casos, mais de 95% dos confirmados de terça-feira (2) e mais de 75% dos acumulados, estão nessa região", observou.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree