Polícia australiana desmantela rede de pedofilia e resgata 14 crianças

05 Junho 2020
Polícia da Austrália desfaz rede criminosa de pedofilia Scott Barbour /EFE/EPA - 10.05.2020

A polícia da Austrália informou nesta sexta-feira (5) ter desmantelado uma rede de pedofilia que distribuía fotografias e vídeos de abusos sexual de menores na internet, além de ter resgatado 14 crianças.

Leia mais: Caso Madeleine: o que se sabe sobre pedófilo alemão suspeito

Foram presos nove homens, que são acusados de um total de 40 crimes, o que, nos casos mais graves, podem levar à prisão perpétua.

"Os esforços de todos os policiais envolvidos nas investigações resultaram no resgate de 14 crianças que foram salvas de futuros abusos", disse a comissária assistente da Polícia Federal australiana, Lesa Gale.

Entre os presos na operação realizada ontem (4), no estado de Nova Gales do Sul, estão dois homens, com idades entre 21 e 26 anos, que foram acusados de abusar sexualmente de crianças menores de 10 anos, bem como da produção e posse de material pornográfico infantil.

Acredita-se que algumas das vítimas, com idades entre 4 e 7 anos, sejam parentes desses dois supostos criminosos, que compareceram ao tribunal hoje.

A polícia também está tentando identificar outras crianças que foram vítimas dessa rede de pedófilos. Os outros sete réus foram detidos nos estados de Queensland e da Austrália Ocidental.

A investigação começou no início deste ano, depois que um alerta do Centro Nacional para Crianças Desaparecidas e Exploradas, dos Estados Unidos, foi divulgado às autoridades australianas.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree