As vacas levadas pelo furacão Dorian que reapareceram vivas meses depois

14 Novembro 2019
Direito de imagemRHONDA HUNTER PHOTOGRAPHY
Image caption Vacas são encontradas meses após passagem de furacão na costa dos Estados Unidos

Seus donos as davam como mortas após a passagem do furacão Dorian

no início de setembro de 2019 na costa da Carolina do Norte, nos Estados Unidos.

No entanto, as três vacas apareceram vivas semanas depois, a vários quilômetros de onde viviam com o rebanho, em uma área rural da ilha de Cedar.

A única explicação possível é de que as vacas pastavam pacificamente no dia 6 de setembro quando a tempestade causada pelo fenômeno atmosférico as arrastou até o mar.

Os animais teriam conseguido nadar por 13 km até o parque Cape Lookout Seashore, na região dos Outer Banks da Carolina do Norte, uma cadeia de ilhas separadas do continente.

Vacas marinhas

O porta-voz do parque, BG Horvat, explicou à imprensa local que os funcionários do parque viram a primeira vaca um mês após a tempestade, enquanto as outras duas foram encontradas há duas semanas.

Direito de imagemGetty Images
Image caption Vacas teriam nadado por cerca de 13 km para se salvar após passagem de furacão nos Estados Unidos

Horvat explicou que os animais tiveram sorte de não ser arrastados para o Atlântico — o que aconteceu com vários cavalos.

Essas vacas "sem dúvida têm uma história fascinante para contar", afirmou.

As autoridades estão planejando como levá-las de volta para casa.

O furacão Dorian atingiu a costa leste da Carolina do Norte no início de setembro como uma tempestade de categoria 1, causando fortes chuvas, ventanias e inundações.

O Dorian chegou aos Estados Unidos após passar pelas Bahamas, onde deixou ao menos 20 pessoas mortas e causou graves danos.

Direito de imagemGetty Images

Já assistiu aos nossos novos vídeos no ? Inscreva-se no nosso canal!

Alerta: Conteúdo de terceiros pode conter publicidade

Final de YouTube post de BBC News Brasil

Alerta: Conteúdo de terceiros pode conter publicidade

Final de YouTube post 2 de BBC News Brasil

Alerta: Conteúdo de terceiros pode conter publicidade

Final de YouTube post 3 de BBC News Brasil

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree