Em ação rápida e limpa, Canil da PM apreende 50 quilos de drogas em São Paulo

14 Novembro 2019
K2_ITEM_AUTHOR 

Bruno Martinolli

Equipes do Batalhão de Choque fizeram visita inesperada pelos traficantes e acabaram dando prejuízo para os criminosos da zona leste da capital

Surpreender criminosos e encontrar os esconderijos dos traficantes de drogas.

A missão do Canil da PM é minar as forças dos bandidos que tentam dominar as comunidades na capital paulista.

Leia também: Comandos e Operações Especiais - Conheça a tropa de elite da Polícia Militar/SP

Canil da PM apreende mais de 50 quilos de drogas em duas ocorrência em São Paulo

Foto: divulgação/canil da PM

Nesta semana, o Portal iG já narrou várias ocorrências com apreensão de drogas, mas essa que o Sargento Felipe do Canil da PM vai nos contar tem um diferencial, a agilidade dos Policiais e cães.

A missão pode até parecer simples: entrar na favela, encontrar drogas e traficantes e ir embora. Mas esses três passos são muito complexos e colocam em risco a vida dos Policiais e moradores.

"Nós montamos uma operação do Canil com 14 PMs e quatro cães. Tudo é baseado em informações que colhemos antes de fazer a incursão. Nós pegamos dicas com os Policiais da área e com equipes da Civil que já tinham feito uma apreensão na região nos últimos dias", diz o Sargento Felipe.

As equipes chegaram na comunidade da guarapa por volta de 10h da manhã dessa quarta-feira (25). "Entramos na favela e começamos a passar os cães farejadores. Não demorou nem 20 minutos e o cão Thor indicou a presença de drogas em uma casa", revela o Sargento Felipe.

Leia também: Chefe do tráfico em São Paulo acorda com 'visita surpresa' do Canil da PM

Os Policiais bateram na porta e um homem apareceu. "A gente fez uma conversa rápida e ele acabou permitindo a nossa entrada. Foi só entrar e o Thor já apontou para a presença de drogas sob a escada. O traficante assumiu que fazia o movimento e acabou detido. Ele morava com a mulher e dois filhos", conta o Sargento.

Assim que deixaram a casa desse primeiro criminoso, o cão Thor deu mais um indicativo de presença de drogas em outra residência próxima.  "Esse segundo local estava desabitado. Nessa residência, a gente encontrou 47,630kg de maconha, material de monitoramento de câmeras e balanças do tráfico. Tinha droga dentro armário e também no forro de um sofá", finaliza o Policial.

Ao todo, os PMs apreenderam aproximadamente 54 quilos de entorpecentes na comunidade. A droga e o traficante foram levados para o 64º Distrito Policial. Ocorrência de sucesso finalizada em apenas uma hora.

Quais são as raças de cães que o Canil da PM usa?

Droga apreendida pelo Canil da PM com as cadelas Debby e Dara

Droga apreendida pelo Canil da PM com as cadelas Debby e Dara

Foto: divulgação/canil da PM

São seis raças: Pastor Alemão, Pastor Holandês, Pastor Belga Malinois, Rottweiler, Bloodhound e Labrador. As missões de cada raça são divididas de acordo com suas habilidades específicas, como: faro, resistência, inteligência, agressividade, etc...

Leia também: Com novo fardamento, Polícia Militar Ambiental celebra 2017 histórico

Um Labrador, por exemplo, não é indicado para fazer policiamento ostensivo, porque geralmente não possui a agressividade necessária. Normalmente, o Labrador é usado para farejar entorpecentes e explosivos. Já o Pastor Belga Malinois é utilizado pelo Canil da PM para policiamento e também faro. O Bloodhound tem aptidão para busca de pessoas.

Entretenimento e Notícias

Suspendisse at libero porttitor nisi aliquet vulputate vitae at velit. Aliquam eget arcu magna, vel congue dui. Nunc auctor mauris tempor leo aliquam vel porta ante sodales. Nulla facilisi. In accumsan mattis odio vel luctus.


Em breve novidade aqui!!!

K2_LEAVE_YOUR_COMMENT

Usuário(s) Online

Temos 324 visitantes e Nenhum membro online
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree