-->

Médicos cubanos começam a ir embora da Bolívia e acusam governo interino de maus-tratos

16 Novembro 2019

Cerca de 700 médicos devem deixar país. Cuba diz que dez foram detidos ao longo da semana, e quatro permanecem sob custódia. Avião da companhia cubana de aviação está
no aeroporto internacional de Santa Cruz, na Bolívia Rodrigo Urzagasti/Reuters O primeiro dos cerca de 700 médicos cubanos estava programado para voltar para casa vindo da Bolívia, devastada por conflitos, neste sábado (16), enquanto as autoridades cubanas criticavam o que consideraram calúnia e maus-tratos pelo governo interino da Bolívia. Cuba disse no sábado que 10 médicos, incluindo o coordenador de sua missão médica, foram detidos nesta semana e quatro permaneciam sob custódia. Na sexta-feira (15), o Ministério das Relações Exteriores de Cuba informou que estava encerrando sua missão médica na Bolívia, pois as autoridades locais estavam promovendo violência contra os médicos, alegando que estavam instigando a rebelião. A ilha administrada por comunistas era um aliado essencial do ex-presidente boliviano de esquerda Evo Morales, que renunciou sob pressão no domingo (10) e se asilou no México após semanas de protestos e violência devido à eleição de 20 de outubro. Cuba apoiou a afirmação de Morales de que ele foi derrubado em um golpe apoiado pelo exterior. Os quatro médicos ainda sob custódia foram retidos na quarta-feira (13) após retirar uma quantia significativa de dinheiro do banco, que o governo disse que seria usado para financiar protestos. O Ministério das Relações Exteriores de Cuba rebateu dizendo que os médicos retiravam a mesma quantia de dinheiro todos os meses para cobrir as despesas de 107 médicos trabalhando na área de La Paz.

Em breve novidade aqui!!!

Outras Categorias

Quem Somos

Usuário(s) Online

Temos 715 visitantes e Nenhum membro online
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree