-->

Pinguins estão morrendo de fome por causa do aquecimento daAntártida

14 Fevereiro 2020
Yang Liu
Pinguins-de-barbicha estão morrendo de fome na Antártida


Espécies de pinguim, como o pinguim-de-barbicha e o pinguim-de-adélia, estão com problemas

para se alimentar na Antártida, a ponto de morrerem de fome. Essas dificuldades são causadas pelo aquecimento da península, segundo cientistas que estudam a precariedade da alimentação como motivo de uma redução das populações dessas aves.

No caso dos pinguins-de-barbichas, foi registrada uma queda superior a 70% no número dos animais dentro do território da Ilha Elefante. Cenários semelhantes foram constatados por cientistas em outras regiões da Antártida.

O problema da fome está diretamente relacionado às mudanças climáticas. Segundo relato do pesquisados Yang Liu, em entrevista ao portal Phys, as temperaturas mais altas estão movendo para o sul, em direção a locais mais frios, as populações de pequenos crustáceos, que são base da alimentação dos pinguims-de-barbicha.

Leia também: Brasileiros fazem registro inédito de temperatura acima de 20°C na Antártida

“O declínio que nós temos visto é definitivamente dramático. Algo está acontecendo com os blocos fundamentais da cadeia alimentar daqui. Nós temos menos abundância de alimento, e isso está reduzindo essas populações cada vez mais e a questão é: isso vai continuar?” afirma Steve Forrest, biólogo integrante de uma expedição norte-americana na Antártida.

Aquecimento

As últimas notícias sobre a Antártida não são das melhores. Cientistas brasileiros do Projeto Terrantar registraram, no dia 9 de fevereiro, o recorde temperatura de 20.75°C na Ilha de Seymour. Até então, desde o início dos registros, o maior valor indicado pelos termômetros era de 19.8°C, anotado por pesquisadores em 1982, na Ilha Signy.

Durante janeiro, cientistas anunciaram que encontraram, pela primeira vez, a presença de água morna em uma geleira da Antártida, descoberta alarmante diante de tantos derretimentos registrados nos últimos anos.


Em breve novidade aqui!!!

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree