-->

Lava Jato, impeachment de Dilma e eleição de Bolsonaro são dissociados, diz Moro

15 Fevereiro 2020
Isaac Amorim/MJ
Ministro Sergio Moro, da Justiça e Segurança Pública

O ministro da Justiça, Sergio Moro, afirmou que a Operação Lava Jato, o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e a

eleição de Jair Bolsonaro não são fatos conectados. O ministro deu uma entrevista para o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) que foi divulgada nas redes sociais neste sábado.

"São fatos que não têm uma concatenação, a Lava Jato, juntamente com a questão do impeachment e a eleição do presidente Jair Bolsonaro são movimentos que foram distintos. Claro que existe um contexto no qual o presidente foi eleito, mas o impeachment não tem nada a ver com a eleição do presidente Jair Bolsonaro, são coisas dissociadas", disse o ministro.

Leia também: Não se resolve a criminalidade abrindo as portas de cadeias, diz Moro

Moro fez o comentário no contexto de uma pergunta sobre o documentário Democracia em Vertigem, da cineasta Petra Costa, que foi indicado para o Oscar de 2019. O deputado Eduardo Bolsonaro perguntou se o ministro havia assistido ao filme e afirmou que o documentário "beira a ficção".

Em sua análise, o ministro da Justiça disse que só assistiu ao filme depois da indicação ao Oscar. Ele disse que a diretora foi honesta ao deixar clara sua perspectiva no início do filme, mas afirmou também que o documentário mostra uma “visão muito deturpada” dos acontecimentos.

"A diretora no começo é bastante honesta, aponta, 'olha eu sou muito simpática ao Partido do Trabalhadores (PT), Lula é meu herói', então fica muito claro que ela tem uma perspectiva. Para um documentário, acho que presta realmente um desserviço aos fatos porque é uma visão muito deturpada daqueles acontecimentos."

Leia também: Padrinho de casamento de Carla Zambelli, Moro elogia deputada: "guerreira"

O ministro continuou sua crítica e disse que a Lava Jato teve grande apoio da população.

"Impeachment e a própria Lava-Jato tiveram um maciço apoio da população brasileira inclusive as maiores demonstrações de massa, de rua desde as diretas já. As pessoas contra, não vou dizer contra o governo da presidente, contra um sistema de corrupção muito forte e isso fica muito escondido no filme e passa ao meu ver para as pessoas uma visão errada sobre o Brasil", disse Moro.


Em breve novidade aqui!!!

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree