-->

Maia rebate críticas de Augusto Heleno: "Se transformou num radical ideológico"

19 Fevereiro 2020
Tomaz Silva / Agência Brasil - 2.9.19
Presidente da Câmara, o deputado Rodrigo Maia

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou

nesta quarta-feira (19) que o chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), o ministro Augusto Heleno, está “se transformado num radical ideológico contra a democracia”.

Leia também: Augusto Heleno fala em "chantagem" do Congresso e sugere chamar povo à rua

A declaração de Maia ocorreu algumas horas após Augusto Heleno ter criticado o Congresso. O ministro da GSI acusa os parlamentares de fazerem chantagem ao não cederem o poder de decisão sobre R$ 30 bilhões do total de R$ 80 bilhões do Orçamento de 2020. A gestão do dinheiro está nas mãos do Congresso, mas o governo Bolsonaro deseja retomar o controle deste verba.

"É uma pena que ele considere um Parlamento que quer chantagear. Muito triste. Não vi por parte dele nenhum tipo de ataque quando a gente estava votando o aumento do salário dele como militar da reserva", provocou Maia, em frente à Câmara.

Leia também: "Se desejam o parlamentarismo, mudem a Constituição", diz Augusto Heleno

Maia também afirmou que quando uma pessoa envelhece, ela ganha equilíbrio e paciência, mas no caso do ministro Augusto Heleno estaria ocorrendo o processo inverso. “Não é a primeira vez que ele ataca, mas dessa vez veio a público. É uma pena. Todos nós sabemos da competência dele na carreira militar” concluiu.


Em breve novidade aqui!!!

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree