-->

Grávida de oito meses é morta a facadas pelo ex-companheiro em São Paulo

22 Fevereiro 2020
Agência Brasil
Boliviana e bebê morreram nesta sexta-feira (21).

A boliviana Suely Claudia Fernandez Argani, de 24 anos, foi morta a facadas por seu

ex-companheiro, também boliviano, na manhã de sexta-feira (21), no Jardim Brasil, na região Norte de São Paulo. Ela estava grávida de oito meses de um menino, que também morreu. Suely deixou três filhos. O suspeito do crime ainda não foi preso.

Leia mais: Trabalho infantil aumenta 38% durante o carnaval; saiba como denunciar

Imagens de uma câmera de segurança mostram o momento do ataque. Suely estava atravessando a rua quando foi perseguida pelo homem, que a alcançou e a arrastou para a calçada. Na sequência, ele desferiu pelo menos dez golpes de faca na ex-companheira​, a maioria na região do pescoço da mulher.

Na sequência, o homem entrou numa viela, pediu ajuda numa igreja e fugiu. Já ferida, Suley aparece pedindo socorro aos carros que passam, mas é ignorada. Segundo a Polícia Militar (PM), a boliviana foi encontrada sem vida perto do local onde foi esfaqueada.

Leia também: “Na ditadura tinham mais respeito pela Constituição do que agora", diz Lula

Em nota deste sábado, 22, a Secretaria da Segurança Pública de São Paulo informou que o caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP). “Diligências estão em andamento para localizar e prender o autor do crime - que está com a prisão temporária decretada”.


Em breve novidade aqui!!!

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree