-->

Carnaval: 491 pessoas são atendidas em postos médicos da Sapucaí na 1ª noite

24 Fevereiro 2020

Os sete postos médicos pré-hospitalares, montados pela Secretaria Municipal de Saúde no Sambódromo do Rio atenderam a 491 pessoas na primeira noite de desfiles do Grupo Especial, entre domingo (23) e

esta segunda-feira (24). Vinte e um pacientes precisaram ser transferidos para unidades da rede pública, informou a secretaria.

Leia também: Blocos de rua e desfiles esquentam a já antiga relação política com o carnaval

Agência O Globo
Sapucaí


Nas três noites de desfiles na Marquês de Sapucaí, os postos médicos registraram 967 pessoas atendimentos e 46 remoções. Os números superam os registrados no carnaval de 2019, quando foram realizados, de sexta a domingo, 826 atendimentos e 37 remoções. Traumas ortopédicos, intoxicação alcoólica e mal-estar foram as principais queixas das pessoas atendidas.

No posto de vacinação contra o sarampo, que funciona no setor 7, no estande da Vigilância Sanitária, 194 pessoas foram vacinadas. No total, 301 pessoas já receberam a vacina, entre sábado (segunda noite da Série A) e domingo. Nesta segunda-feira (24), o posto de vacinação funcionará das 17h às 23h.

Leia também: Itália cancela tradicional carnaval de Veneza por causa de coronavírus

Os postos médicos estão localizados nos setores 1 (concentração), 2, 7, 8, 10 (Rua Salvador de Sá), 11 e Apoteose (dispersão). Ao todo, os postos contam com 32 leitos, sendo oito de suporte avançado e 145 profissionais, entre médicos, enfermeiros, técnicos e equipe de operação e coordenação, em turnos de plantões. Em cada dia, o plantão dispõe, em média, de 30 médicos, 17 enfermeiros e 30 técnicos de enfermagem. Os postos funcionam das 18h30 até a dispersão total de público. A exceção é o desfile das escolas de samba mirins, que acontecerá amanhã (25), a partir das 17h, quando os postos começarão a funcionar mais cedo.

Postos em áreas de desfiles de blocos

A Secretaria Municipal de Saúde também tem postos de atendimento médico montados nas principais áreas de desfiles de blocos de rua, com ações de vacinação contra o sarampo. No domingo (23), os postos médicos que atendem aos blocos de rua em Ipanema e Copacabana, na Zona Sul, e no Largo da Carioca e Praça Ana Amélia, no centro da cidade, registraram 136 atendimentos, com seis pessoas sendo transferidas para unidades da rede pública.

Leia também: Arrastões e brigas encerram blocos de rua em São Paulo

Os três postos onde os foliões podem se vacinar contra o sarampo estão montados na Praça General Osório, em Ipanema, Praça Antero de Quental, no Leblon, e na estação Jardim Oceânico do metrô, na Saída Mar, na Barra da Tijuca. Nesse domingo (23), 607 pessoas foram vacinadas contra a doença, sendo 294 em Ipanema, 210 no Leblon e 103 na Barra da Tijuca.

A secretaria atua também, durante todo o período de carnaval, com assistência no Sambódromo, além de ações de prevenção, como orientação sobre infecções sexualmente transmissíveis e aids e distribuição de preservativos. O trabalho é feito por técnicos da Vigilância Sanitária.


Em breve novidade aqui!!!

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree