-->

Apontada como "cura" para coronavírus, cloroquina causa intoxicações na Nigéria

23 Março 2020
Reprodução/Twitter
Nigerianos fizeram estoques do remédio após declaração do presidente Donald Trump

A cidade de Lagos, maior metrópole da Nigéria, registrou casos de intoxicação por cloroquina após o presidente dos

Estados Unidos, Donald Trump, ter citado o medicamento como possível solução para a pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Leia também: Coronavírus: Brasil demorou mais que Itália e Espanha para atingir mil casos

Os episódios ocorreram na última sexta-feira (20), um dia depois de o mandatário americano ter dito que a cloroquina, geralmente usada contra a malária e o lúpus, poderia ser o "remédio certo" contra a pandemia, gerando uma corrida às farmácias para comprar o medicamento.

"Já registramos dois casos de intoxicação, mas provavelmente teremos mais e mais nos próximos dias", disse Ore Awokoya, assessora especial de saúde do governo de Lagos, à agência AFP na última sexta.

"Depois da declaração de Donald Trump, isso ganhou outra dimensão. As pessoas foram em massa às farmácias para comprar cloroquina", acrescentou ela, descrevendo a corrida para adquirir o medicamento como "preocupante".

A cloroquina apresentou resultados promissores no combate à Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, em estudos ainda preliminares, mas sua eficácia não está comprovada.

No Brasil, o presidente Jair Bolsonaro mandou o Exército aumentar a produção do medicamento, embora a Agência Nacional de Vigilância Sanitária ( Anvisa) tenha dito que não recomenda o remédio para tratar a Covid-19.

Leia também: Governadores enganam o povo e são "exterminadores de emprego", diz Bolsonaro

A Nigéria, país mais populoso da África, registra 22 casos do novo coronavírus, mas sua capacidade de realizar testes é limitada. As autoridades locais restringiram as atividades de igrejas, mesquitas, casas noturnas e eventos esportivos em três estados (Lagos, Abuja e Ogun), com um público máximo de 50 pessoas.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree