-->

"Não dá para ir além do que estamos fazendo", diz Bolsonaro

23 Março 2020
Isac Nóbrega/PR
Presidente Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, nesta segunda-feira (23) em Brasília, que ele e seu governo estão "fazendo o possível, não dá

pra ir além do que estamos fazendo, todos os ministérios têm trabalhado incessantemente".

Leia também: Coronavírus no Brasil: acompanhe a situação no País em tempo real

Bolsonaro afirma que o governo está trabalhando “há semanas” para minimizar os efeitos do coronavírus. O presidente, no entanto, afirmou que não pode deixar a população em pânico. “Não podemos levar o pânico, o pânico é uma doença também, mais grave que a própria causa do vírus".

O presidente utilizou uma metáfora para criticar governadores que estão tomando medidas para o coronavírus que, segundo ele, seriam excessivas. “A dose do remédio não pode ser excessiva de modo que o efeito colateral seja mais danoso do que o vírus”. Bolsonaro enxerga que as medidas tomadas por alguns governadores podem causar efeitos colaterais, como desemprego ou pânico.

Leia também: Doria anuncia realização de dois mil testes de covid-19 por dia

Bolsonaro afirmou que irá realizar uma videoconferência com governadores do Norte e Nordeste nesta segunda-feira (23) e das demais regiões na terça (24).


We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree