-->

Autor de fake news sobre coronavírus terá que apagar conteúdo ou pagar multa

23 Março 2020
Fernando Frazão/Agência Brasil
Brasil já tem mais de 1500 casos de coronavírus

O Conselho Regional de Medicina de São Paulo

(Cremesp) conseguiu liminar na Justiça contra uma pessoa acusada de charlatanismo por disseminar fake news sobre o coronavírus.

Leia também: Coronavírus no Brasil: acompanhe a situação no País em tempo real

A decisão da 22ª Vara Cível Federal de São Paulo determina que o autor apague todo o conteúdo falso sobre coronavírus que publicou em suas redes sociais, sob pena de multa.

O autor está entre 12 pessoas denunciadas pelo conselho de medicina de disseminar fake news sobre coronavírus. Entre essas, sete são médicas. Ele está entre os cinco que não são, por isso sua ação foi denunciada como charlatanismo. Um laboratório de manipulação também foi acusado de divulgar conteúdo falso.


We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree