-->

Só um dia de Enem? Governo estuda medida por causa de pandemia

21 Mai 2020
Reprodução
Prova já foi adiada, agora governo analisa outras medidas para contornar impacto da Covid-19

O Instituto

Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) estuda aplicar o Exame Nacional do Ensino Médio ( Enem ) em apenas um dia neste ano, segundo divulgado nesta quinta-feira (21) pelo jornal O Estado de S. Paulo. Nas edições anteriores o exame era dividido em dois dias de prova, mas devido a pandemia de Covid-19, o governo enxerga essa alternativa para minimizar riscos de contaminação da doença.

Leia também: Enem é adiado pelo Inep: Prova ocorrerá em dezembro ou janeiro

Técnicos do Inep analisam formas de reduzir o número de questão do Enem, para que a prova consiga ser executada em apenas um dia, mas sem que isso comprometa os parâmetros estatísticos.

A ideia é forte dentro do Inep, órgão ligado ao Ministério da Educação (MEC), mas ainda está em fase inicial, mas tem dificuldades técnicas. A prova possui o modelo Teoria de Resposta ao Item (TRI), em que as questões e os pontos que elas valem depende da dificuldade delas.

O Enem atualmente é dividido em dois dias de prova, com 90 testes cada e uma redação no primeiro dia de prova. No dia da redação, a prova dura 5h30, e no dia sem redação, 5h.

Leia também: Plataformas liberam conteúdo preparatório para o Enem 2020

A prova física estava marcada para 1º e 8 de novembro e e digital para 22 e 29 do mesmo mês. Mas nesta quarta-feira (20), o Inep anunciou o adiamento do exame para dezembro ou janeiro, também devido à pandemia. As inscrições do Enem vão até essa sexta-feira (22). Até esta quinta (21), 4.637.801 pessoas já se inscreveram.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree