Imprimir esta página
-->

Só um dia de Enem? Governo estuda medida por causa de pandemia

21 Mai 2020
Reprodução
Prova já foi adiada, agora governo analisa outras medidas para contornar impacto da Covid-19

O Instituto

Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) estuda aplicar o Exame Nacional do Ensino Médio ( Enem ) em apenas um dia neste ano, segundo divulgado nesta quinta-feira (21) pelo jornal O Estado de S. Paulo. Nas edições anteriores o exame era dividido em dois dias de prova, mas devido a pandemia de Covid-19, o governo enxerga essa alternativa para minimizar riscos de contaminação da doença.

Leia também: Enem é adiado pelo Inep: Prova ocorrerá em dezembro ou janeiro

Técnicos do Inep analisam formas de reduzir o número de questão do Enem, para que a prova consiga ser executada em apenas um dia, mas sem que isso comprometa os parâmetros estatísticos.

A ideia é forte dentro do Inep, órgão ligado ao Ministério da Educação (MEC), mas ainda está em fase inicial, mas tem dificuldades técnicas. A prova possui o modelo Teoria de Resposta ao Item (TRI), em que as questões e os pontos que elas valem depende da dificuldade delas.

O Enem atualmente é dividido em dois dias de prova, com 90 testes cada e uma redação no primeiro dia de prova. No dia da redação, a prova dura 5h30, e no dia sem redação, 5h.

Leia também: Plataformas liberam conteúdo preparatório para o Enem 2020

A prova física estava marcada para 1º e 8 de novembro e e digital para 22 e 29 do mesmo mês. Mas nesta quarta-feira (20), o Inep anunciou o adiamento do exame para dezembro ou janeiro, também devido à pandemia. As inscrições do Enem vão até essa sexta-feira (22). Até esta quinta (21), 4.637.801 pessoas já se inscreveram.

Mais recentes de Entretenimento e Notícias

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree