-->

Igrejas, mesquitas e sinagogas serão serviços essenciais nos EUA

22 Mai 2020
Agência Brasil
Trump classificou como "injustiça" a ausência das casas de culto no rol das atividades essenciais

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou que igrejas, sinagogas e mesquitas se

tornarão serviços essenciais no país. A inclusão permitirá que os centros religiosos funcionem apesar das medidas de distanciamento social durante a pandemia.

O presidente ainda afirmou que a exclusão desses estabelecimentos seria uma "injustiça" com as casas de culto, a mencionou o fato de que alguns governadores consideraram essenciais as lojas de bebidas e clínicas de aborto.

Leia mais: 17% da população de Londres contraiu a Covid-19, diz estudo

O presidente norte-americano também afirmou que poderia "substituir os governadores" caso os estados não publiquem as devidas recomendações de abertura segura desses locais.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree