-->

Argentina reduz tamanho da nuvem de gafanhotos que se aproxima do Brasil

29 Junho 2020
Reprodução
Nuvem de gafanhotos na Argentina


Técnicos da Argentina começaram no último final de semana o controle da nuvem de gafanhotos que se aproxima do Brasil e do

Uruguai. Confederação Rural da Argentina (CRA), que atua em conjunto com o Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agro-Alimentar (Senasa) aponta uma redução de 15% no número de insetos após a pulverização de inseticidas.


A última atualização apontava que a nuvem estava localizada a 55 km na cidade de Curuzú Cuatiá, dentro da província de Corriente, e a pouco mais de 100 km do território brasileiro.

No último domingo (28) foram realizadas aplicações em terra de defensivos agrícolas que devem contríbuir na diminuição do número de insetos e na concentração deles.

A praga é pouco conhecida, o Ministério da Agricultura da Argentina disse que a espécie Schistocerca cancellata causou danos catastróficos à produção do país nos anos 1960.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree