Imprimir esta página
-->

Anonymous pretende doar US$ 75 milhões para desenvolvimento da tecnologia

16 Novembro 2019

Um grupo que afirma ser a organização hacktivista Anonymous supostamente prometeu doar US$ 75 milhões em bitcoins para startups e indivíduos que estejam trabalhando em proposições de anonimato. Aparentemente, o Unknown Fund será usado

para incentivar o desenvolvimento de tecnologias de preservação de privacidade, como soluções de proteção de dados pessoais, ferramentas de anonimato, criptomoedas e blockchain.  

O Anonymous é composto de desconhecidos ávidos por tecnologia de diferentes países que se conheceram no 4chan. “Somos você, seus filhos e filhas, irmãos e irmãs, amigos e colegas. Representamos muitos países e nacionalidades, e somos unidos por um espírito de camaradagem virtual e a crença de que lutamos pelo bem de muitos, não para o benefício de alguns. O Anonymous é a voz daqueles que acreditam em verdade, liberdade e direito de expressão individual”, diz um comunicado.

Segundo os indivíduos por trás do fundo, a proteção de dados pessoais é um dos grandes desafios da humanidade. Eles citam exemplos como o Brexit e a última eleição presidencial dos EUA, que levou Donald Trump à Casa Branca, para dizer que “o uso de dados já é uma ferramenta poderosa para manipular as pessoas”.

“O Unknown Fund vê muitas oportunidades em tecnologias como blockchain e criptomoedas para proteger os direitos e as liberdades das pessoas. É uma chance para a humanidade de criar um novo ambiente, um sistema monetário novo e honesto, e transformar o mundo em um lugar melhor”, eles reforçam.

Dúvidas sobre a legitimidade do fundo

O Anonymous é um grupo descentralizado que ficou famoso por ataques distribuídos de negação de serviço (DDoS) contra governos, instituições e empresas, motivados por justiça social e reação a censura. Em 2012, entretanto, a prisão de cinco integrantes do Lulz Security (LulzSec) – um coletivo hacker – deteve o grupo e suas atividades.

Esses indivíduos foram apresentados como protagonistas do Anonymous e do LulzSec. Um sexto preso operava em outro grupo, o Antisec. No Reddit, alguns usuários têm sugerido que isso pode ser um golpe. Além de nada ter sido confirmado, a promessa de doar dinheiro para o desenvolvimento de blockchain com foco em anonimato é um pouco supreendente, considerando que a tecnologia já existe: um exemplo é a Monero, uma criptomoeda voltada para privacidade.

A equipe da The Next Web procurou os representantes do Unkown Fund e pediu que eles explicassem o processo de seleção dos projetos e informassem a carteira bitcoin que contém os US$ 75 milhões. “Não podemos compartilhar as informações solicitadas no momento. Talvez em alguns dias, tenhamos uma solução sobre o que podemos divulgar”, responderam.

Via: The Next Web

Em breve novidade aqui!!!
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree