-->

Fintechs podem levar à privatização do BB, afirma presidente do banco

14 Fevereiro 2020

De acordo com Rubem Novaes, presidente do Banco do Brasil, os avanços feitos pelas populares fintechs e pelo open banking podem fazer com que o banco tenha de ser privatizado

em médio prazo.

Para ele, o aprofundamento no mundo bancário de open banking e a competição das fintechs, faz com que se acentuem as desvantagens de ser um banco público. "Eu acho que a gente já devia começar a se antecipar para pensar em privatização. Assim não teria trauma nenhum", declarou.

Reprodução

O executivo ainda destaca que o ministro da Economia Paulo Guedes, e a equipe econômica do governo são favoráveis à privatização. Entretanto, o presidente Jair Bolsonaro tem de ser convencido de que esse é o melhor caminho, além de a decisão passar pelo Congresso.

"É uma questão política, está muito acima de nós. Me parece que na Câmara já houve uma pesquisa [sobre privatização] e a maioria já se mostrou favorável a pelo menos considerar a ideia", disse Novaes.

Ainda falando sobre a situação atual da instituição, Novaes falou sobre o que impede o banco de crescer acima dos concorrentes atuais. "É óbvio que o Branco do Brasil teria mais flexibilidade na sua operação e seria mais eficiente. Tenho convicção de que sem essas amarras, passaríamos dos concorrentes privados", finalizou.

 

Via: Folha de São Paulo 

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree