-->

British Airways testa cadeiras de rodas autônomas em aeroportos

05 Março 2020

A British Airways está testando o uso de cadeiras de roda totalmente autônomas no Aeroporto Internacional John F. Kennedy, em Nova York, para ajudar os clientes circular pelo terminal de

forma mais independente. Os veículos foram desenvolvidos pela empresa japonesa WHILL, e estão equipados com tecnologia anticolisão.

De acordo com a companhia aérea, quase meio milhão de clientes que precisam de assistência adicional a cada ano, e esse número deve aumentar em 10% até 2021. As cadeiras de rodas autônomas são programadas para levar os clientes a qualquer lugar do aeroporto sem a necessidade de assistência de acompanhantes de viagem ou da equipe de suporte.

Atualmente, um funcionário da companhia deve necessariamente acompanhar clientes que precisam de assistência do check-in até o portão de embarque. A ideia do veículo autônomo é não só permitir que os clientes se desloquem sozinhos por longas distâncias, mas também lhes dar a liberdade de explorar o aeroporto à vontade enquanto esperam seus voos.

“Nos próximos meses faremos mais testes do sistema no Terminal 5 de Heathrow (em Londres) para obter mais feedback e explorar a introdução dessa tecnologia em mais lugares", explica o chefe de inovação da British Airways, Ricardo Vidal.

As cadeiras de rodas autônomas foram projetadas para serem o mais simples possível de operar. Com um toque, o usuário pode indicar para onde deseja ir e o veículo segue sozinho, sem intervenção do piloto ou da equipe do aeroporto. Se o usuário mudar de ideia, basta mudar o destino no painel de controle. Depois de chegarem ao portão, os clientes simplesmente desembarcam na cadeira e ela retorna ao local de carregamento por conta própria.

Via: The Next Web

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree