-->

Como o Kentucky se tornou referência no controle da Covid-19 nos EUA

25 Março 2020

Com mais de 35 mil infectados, os Estados Unidos está se encaminhando para ser o próximo epicentro do novo coronavírus em breve, de acordo com a Organização Mundial da Saúde. Porém,

um estado da região sudeste do país tem se destacado pela forma com que o governo local vem lidando com a pandemia e seu consequente baixo nível de contágio em relação aos estados vizinhos.

Na última terça-feira (24), as autoridades de Kentucky relataram a quarta morte do estado devido à Covid-19, e anunciaram que o número total de infecções confirmadas havia atingido 163. Em comparação, o vizinho Indiana registrou 365 casos confirmados e 12 mortes, Ohio já passa de 564 e o Tennessee, que tem 2,3 milhões de residentes a mais do que o Kentucky, teve 517 casos confirmados e uma morte.

O governador democrata Andy Beshear vem recebendo elogios dos dois lados do espectro político norte-americano por ter conduzido o surto de uma maneira calma e decisiva. Entre outras ações, declarou estado de emergência ainda no início de março, o que deu às autoridades locais tempo para ajudar a população, escolas e hospitais a se proteger e planejar a para a chegada da pandemia.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree