Saquarema, RJ, recebe exposição 'Essa Folia é de Reis' com entrada gratuita no Centro de Memória

Além de textos e fotografias, a mostra é constituída por altar com imagens de santos e outros elementos do catolicismo popular, bandeira de Folia De Reis, chapéu de folião e fardas de palhaços. Centro de Memória vai receber exposição 'Essa Folia é de Reis' em Saquarema Divulgação/Prefeitura de Saquarema O Centro de Memória de Saquarema, na Região dos Lagos do Rio, vai receber entre 20 de maio e 18 junho a exposição "Essa Folia é de Reis". A mostra reúne textos, fotografias, altar com imagens de santos e outros elementos do catolicismo popular, bandeira de Folia de Reis, chapéu de folião e fardas de palhaços (calça, camisão, máscara e capacete). A exposição é elaborada pela Pró-reitoria de Extensão e Cultura da Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ. A parte mais expressiva da exposição é um conjunto de 23 máscaras de palhaços, coletadas em território fluminense Prefeitura de Saquarema/Divulgação A parte mais expressiva é um conjunto de 23 máscaras de palhaços, coletadas em território fluminense, por ocasião da pesquisa que fundamentou o pedido de reconhecimento das folias de reis como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil, encaminhado ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). A Folia Também conhecida como Reisado ou Festa de Santos Reis, a Folia de Reis está associada à tradição cristã de origem portuguesa e espanhola, provavelmente trazida no século XIX para o Brasil. A celebração tem como intuito comemorar a visita dos três Reis Magos (Gaspar, Melchior - ou Belchior- e Baltazar) ao menino Jesus e trata-se de uma das mais importantes festas folclóricas do Brasil. Durante os festejos, grupos de Folia formados por um mestre ou embaixador, um contramestre, os três Reis Magos, palhaços, alfeires e os foliões, todos devidamente adereçados e mascarados, dançam ao som de violas, pandeiros, tambores, acordeons e outros instrumentos, desfilando pelas ruas das cidades. Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia, Minas Gerais, Espírito Santo e Goiás são os estados onde a festa se faz mais presente, no período entre 24 de dezembro e 06 de janeiro (Dia de Reis ou Dia dos Reis Magos). No Estado do Rio, esse ciclo costuma ser estendido até 20 de janeiro, quando se comemora o dia de São Sebastião, padroeiro da cidade do Rio de Janeiro. O Centro de Memória fica na Av. Barão de Saquarema, 419; e a exposição “Essa Folia é de Reis” estará aberta ao público, com entrada gratuita, às sextas e sábados, das 17h às 21h.

Saquarema, RJ, recebe exposição 'Essa Folia é de Reis' com entrada gratuita no Centro de Memória

Além de textos e fotografias, a mostra é constituída por altar com imagens de santos e outros elementos do catolicismo popular, bandeira de Folia De Reis, chapéu de folião e fardas de palhaços. Centro de Memória vai receber exposição 'Essa Folia é de Reis' em Saquarema Divulgação/Prefeitura de Saquarema O Centro de Memória de Saquarema, na Região dos Lagos do Rio, vai receber entre 20 de maio e 18 junho a exposição "Essa Folia é de Reis". A mostra reúne textos, fotografias, altar com imagens de santos e outros elementos do catolicismo popular, bandeira de Folia de Reis, chapéu de folião e fardas de palhaços (calça, camisão, máscara e capacete). A exposição é elaborada pela Pró-reitoria de Extensão e Cultura da Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ. A parte mais expressiva da exposição é um conjunto de 23 máscaras de palhaços, coletadas em território fluminense Prefeitura de Saquarema/Divulgação A parte mais expressiva é um conjunto de 23 máscaras de palhaços, coletadas em território fluminense, por ocasião da pesquisa que fundamentou o pedido de reconhecimento das folias de reis como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil, encaminhado ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). A Folia Também conhecida como Reisado ou Festa de Santos Reis, a Folia de Reis está associada à tradição cristã de origem portuguesa e espanhola, provavelmente trazida no século XIX para o Brasil. A celebração tem como intuito comemorar a visita dos três Reis Magos (Gaspar, Melchior - ou Belchior- e Baltazar) ao menino Jesus e trata-se de uma das mais importantes festas folclóricas do Brasil. Durante os festejos, grupos de Folia formados por um mestre ou embaixador, um contramestre, os três Reis Magos, palhaços, alfeires e os foliões, todos devidamente adereçados e mascarados, dançam ao som de violas, pandeiros, tambores, acordeons e outros instrumentos, desfilando pelas ruas das cidades. Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia, Minas Gerais, Espírito Santo e Goiás são os estados onde a festa se faz mais presente, no período entre 24 de dezembro e 06 de janeiro (Dia de Reis ou Dia dos Reis Magos). No Estado do Rio, esse ciclo costuma ser estendido até 20 de janeiro, quando se comemora o dia de São Sebastião, padroeiro da cidade do Rio de Janeiro. O Centro de Memória fica na Av. Barão de Saquarema, 419; e a exposição “Essa Folia é de Reis” estará aberta ao público, com entrada gratuita, às sextas e sábados, das 17h às 21h.