SP: Ricardo Nunes confirma adiamento do reajuste da tarifa de ônibus

Valor atual será mantido até Senado definir sobre gratuidade de idosos

SP: Ricardo Nunes confirma adiamento do reajuste da tarifa de ônibus
Ricardo Nunes, prefeito de São PauloMarcelo Pereira/ Secom

O subsídio, segundo o prefeito, custa R$ 450 milhões para a cidade por ano. No mês passado, os prefeitos pediram para que o governo federal arque com a despesa. O último reajuste da passagem aconteceu em 2020, de R$ 4,40 para R$ 4,40.

A justificativa para o valor foi a alta no IPCA, que chegou a 15,51% no acumulado entre dezembro de 2019 e novembro de 2021. O subsídio ao transporte público em São Paulo é de R$ 3,3 bi. A Prefeitura paga a diferença entre a tarifa e o custo de cada passageiro, que seria de R$ 8,71, segundo a administração municipal.

Leia mais...