A seguir

bisuteria de moda
nihaojewelry
1 Visualizados

10 pontos turisticos mais visitados de Jundiaí

0 Visualizados
oguiadacidade
0
Publicado em 21 Jan 2020 / Em Viagens e Eventos

Conheça os 10 pontos turisticos mais visitados de Jundiaí - SP!

#### INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL ####

1 - Biblioteca Municipal Professor Nelson Foot
A Biblioteca Pública Municipal Prof. Nelson Foot foi inaugurada em 18 de dezembro de 1970. O acervo inicial foi ampliado com a colaboração de várias entidades e cidadãos jundiaienses. O projeto de informatização foi totalmente implantado em 1999. No mesmo ano, foi instalada a Sala de Internet, com computadores para acesso à internet.

2 - Catedral Nossa Senhora do Desterro
Em 1651, foi iniciada a construção da igreja que substituiria a primeira capela construída pelos fundadores de Jundiaí. Em 1655, a nova igreja seria dedicada à Sagrada Família, tendo como padroeira Nossa Senhora do Desterro. Em 1886, a então Igreja de Nossa Senhora do Desterro passou por grande reforma e teve totalmente alterado seu estilo para Neogótico.

3 - Mosteiro de São Bento
O Mosteiro de São Bento de Jundiaí foi fundado em 02 de Junho de 1667, por Estácio Ferreira e sua esposa Violante Jorge, que edificaram a capela moré, sendo nomeado seu primeiro presidente, Frey João do Espírito Santo.

4 - Teatro Polytheama
O cine-teatro Polytheama foi inaugurado em 1911. Em 1920, era considerado o maior teatro do Estado de São Paulo, com 2920 lugares. Em 1927, o Polytheama passou por uma radical reforma interna, sendo reinaugurado em 1928. O Teatro Polytheama pode ser considerado um dos grandes atrativos culturais e turísticos da cidade, trazendo grande número de visitantes de outras cidades que vêm em busca das apresentações teatrais e dos shows culturais e musicais.

5 - Espaço Cultural Museu do Vinho
Um tonel de quase seis metros de altura, com capacidade para 110 mil litros de vinho, hoje abriga o Museu do Vinho, dentro do complexo Villa Brunholi. O Museu abriga a história da imigração italiana em Jundiaí. O local recebe 300 pessoas por final de semana. No local é possível encontrar painéis contando a história dividida em famílias, imigração e uva e vinho, além de utensílios de uso doméstico e produção de vinho.

6 - Museu da Companhia Paulista
O museu foi inaugurado em 9 de março de 1979 para ser um centro de referências e preservação sobre os suportes materiais da memória e a história da ferrovia da cidade de Jundiaí. Após passar por um processo de recuperação e restauro, foi reaberto em 14 de maio de 1995, com novas bases museológicas, denominando-se Museu da Companhia Paulista. O local conta com um vasto acervo relacionado à história da ferrovia como mobiliário, ferramentas, réplicas, maquetes e imagens, além de uma coleção de livros e documentos concentrados na “Biblioteca do Museu”.

7 - Museu Histórico e Cultural de Jundiaí – Solar do Barão
Foi inaugurado em 28 de março de 1965. Nas diversas salas do casarão, que foi residência do Barão de Jundiaí e, por isso, também é conhecido como “Solar do Barão”, o visitante poderá apreciar uma exposição de longa duração que retrata a história da casa e do Barão de Jundiaí. O Museu possui um auditório com capacidade para 80 pessoas e um um belo jardim totalmente arborizado, utilizado para descanso, leitura e lazer.

08 - Pinacoteca Diógenes Duarte Paes
O Centro Jundiaiense de Cultura abriga a Pinacoteca Municipal Diógenes Duarte Paes, que reúne um acervo artístico, composto de 189 obras, sendo 15 esculturas, de artistas jundiaienses, brasileiros e internacionais e conta ainda com uma sala para administração e o Museu de Arte Didacta. Na parte superior, está a sala Professora Maria Albertina Bellini Peterson Leite, com capacidade para 100 pessoas e a biblioteca de artes visuais, que conta com acervo de livros e hemeroteca sobre artes.

9 - Jardim Botânico Jundiaí
Inaugurado em 29 de dezembro de 2004, o Jardim Botânico de Jundiaí conta com uma área de 150.000 m², vários jardins temáticos, entre eles japonês com uma pequena cascata, africano com plantas típicas da região, e italiano, com vários canteiros e estátuas. Possui ainda um pequeno espaço dedicado às plantas aromáticas e medicinais, viveiros de mudas, estufa de cactáceas e suculentas, orquidário, cachoeiras, trilhas e ciclovias que ligam o Jardim Botânico ao Parque da Cidade.

10 - Parque da Cidade
Inaugurado em 2.004, o moderno Parque da Cidade fica às margens da represa que abastece Jundiaí, e é um dos mais visitados pela população jundiaiense. Com 500.000 m², oferece áreas para piquenique, caminhadas ecológicas, leitura e diversão. Conta com duas pistas de cooper de 2,1 quilômetros cada, aparelhos de ginástica, bebedouros, sistema de som e duchas.
O local conta, também, com jardim japonês, anfiteatro ao ar livre e áreas para apresentações artísticas. Há ainda parque de diversões, mesas de jogos (xadrez, damas e dominó), quadras poliesportivas, futebol de areia, trilhas e um pier para pequenas embarcações.

Conheça nossa agência: www.turismoecia.net

Mostra mais
Comentário Facebook

A seguir

bisuteria de moda
nihaojewelry
1 Visualizados