Após 21 anos, Pedro Canário, no Norte do ES, bate novo recorde de frio

A cidade só havia registrado tanto frio assim, de acordo com a prefeitura, em 1999, quando foi alcançada a mínima de 11,8º C

Após 21 anos, Pedro Canário, no Norte do ES, bate novo recorde de frio

Após 21 anos, Pedro Canário, na região Norte do Espírito Santo, bateu um novo recorde de baixas temperaturas, marcando, às 5h da manhã desta sexta-feira (20), 10.8° C, de acordo com o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmet), que coletou informações da estação meteorológica mais próxima do município.

Leia também: ES teve a madrugada mais fria do ano, com recordes de temperaturas mínimas

A cidade só havia registrado tanto frio assim, de acordo com a prefeitura, em 1999, quando foi alcançada a mínima de 11,8º C, tendo como base um estudo do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper). A previsão é de que as mínimas na cidade fiquem abaixo dos 16 graus até a próxima terça (24) — as máximas não devem ultrapassar os 26 graus.

Coordenador da Defesa Civil Municipal, Elvanir Souza relata que é de extrema importância se manter aquecido, além de cuidar também dos animais. “O período exige uma atenção especial com a população mais vulnerável, como enfermos, moradores de rua, idosos e crianças. É essencial manter-se bem agasalhado, beber bastante água e evitar locais fechados e de grande circulação de pessoas, além da higiene frequente das mãos. Essas medidas são de grande importância na prevenção de gripe, resfriados, pneumonia e demais doenças respiratórias, mantendo ainda mais cuidado com crianças e idosos. Nas noites com temperaturas mais baixas, recomenda-se abrigar e proteger animais domésticos”.

Leia também: Onda de frio faz prefeituras da Grande Vitória se mobilizarem para dar suporte a sem-tetos

Com informações da Prefeitura Municipal de Pedro Canário;