Após associar vacina à homossexualidade, youtuber é condenado em SP

Frazão prestará serviços à comunidade e deverá pagar uma indenização por dano moral coletivo

Após associar vacina à homossexualidade, youtuber é condenado em SP
Marcelo FrazãoReprodução: Redes Sociais

A pena inicial de Frazão foi de regime aberto, mas foi substituída por prestações de serviços à comunidade, representando uma hora da tarefa por dia de condenação.

Ele ainda acrescentou: “Os filhos e os netos vão ter problemas graves porque ela [a vacina] vai alterar o código genético”. “Quando seu filho for ter o filho dele, ele vai nascer com problema. O menino pode deixar de ser menino, vai virar menina. A menina deixa de ser menina e vira menino.”

Leia mais...