Assembleia Legislativa aprova orçamento de R$ 5,7 bilhões para Roraima em 2022

Com a provação, o orçamento para este ano é 8% maior que o de 2021, quando foram previstos a execução de R$ 5,3 bilhões. LOA teve dois votos contrários Nonato Sousa/Ale-RR A Assembleia Legislativa de Roraima (Ale-RR) aprovou na noite dessa quinta-feira (23) o orçamento de R$ 5,7 bilhões para o estado em 2022. Agora, a Lei Orçamentária Anual (LOA) segue para sanção do governador Antonio Denarium (PP). A votação foi conduzida pelo presidente da Casa, deputado Soldado Sampaio (PCdoB), e transmitida nas redes sociais do Poder Legislativo. Também foi declarado recesso parlamentar até 15 de fevereiro. Com a provação, o orçamento para este ano é 8% maior que o de 2021, quando foram previstos a execução de R$ 5,3 bilhões. A LOA teve dois votos contrários contra 18 favoráveis. O orçamento foi aprovado com recursos para a convocação de novas turmas de aprovados dos concursos da Polícia Militar e Polícia Penal. Onde deputados haviam prometido na quarta-feira (22) alocação de R$ 12,1 milhões em emendas para a continuação do certame. Antes da votação da LOA, Denarium se comprometeu a iniciar o curso de formação para 120 aprovados no concurso da PM já no próximo dia 15 de janeiro Outros 120 devem ser chamados em julho e mais 230 em dezembro do ano que vem. Únicos a dizerem não ao orçamento do próximo ano, os deputados Jeferson Alves (PTB) e Evangelista Siqueira (PT), criticaram a não contemplação do reajuste salarial dos professores estaduais. A categoria informou que vai organizar uma reunião para discutir um possível estado de greve. Também foram garantidos na LOA a Indenização de Risco de Vida (IRV) para os policiais e bombeiros militares. Segundo a Ale-RR, a gratificação era aguardada há quase oito anos pelos profissionais. Além disso, os deputados destinaram emendas para fortalecer a saúde básica e infraestrutura dos municípios. Abono pecuniário Antes da aprovação da LOA, os deputados aprovaram o Projeto de Lei nº 345/2021, do Executivo, que prevê o pagamento de abono pecuniário extraordinário a oito mil servidores da Educação. Cada trabalhador receberá a quantia de R$ 6 mil até 31 de dezembro deste ano. Recesso Durante o recesso parlamentar, uma Comissão de Representação, composta por 16 deputados, atuará em situações emergenciais e extraordinárias. As atividades administrativas e os programas sociais funcionam normalmente durante o recesso. Comissão de Representação é composta pelos seguintes parlamentares: Soldado Sampaio, Aurelina Medeiros (Pode), Catarina Guerra (SD), Chico Mozart (Cidadania), Coronel Chagas, Eder Lourinho (PTC), Gabriel Picanço (Republicanos), Jeferson Alves (PTB), Lenir Rodrigues (Cidadania), Marcelo Cabral (sem partido), Nilton Sindpol (Patri), Renan (Republicanos), Renato Silva (Pros), Tayla Peres (PRTB) e Yonny Pedroso (SD).

Assembleia Legislativa aprova orçamento de R$ 5,7 bilhões para Roraima em 2022

Com a provação, o orçamento para este ano é 8% maior que o de 2021, quando foram previstos a execução de R$ 5,3 bilhões. LOA teve dois votos contrários Nonato Sousa/Ale-RR A Assembleia Legislativa de Roraima (Ale-RR) aprovou na noite dessa quinta-feira (23) o orçamento de R$ 5,7 bilhões para o estado em 2022. Agora, a Lei Orçamentária Anual (LOA) segue para sanção do governador Antonio Denarium (PP). A votação foi conduzida pelo presidente da Casa, deputado Soldado Sampaio (PCdoB), e transmitida nas redes sociais do Poder Legislativo. Também foi declarado recesso parlamentar até 15 de fevereiro. Com a provação, o orçamento para este ano é 8% maior que o de 2021, quando foram previstos a execução de R$ 5,3 bilhões. A LOA teve dois votos contrários contra 18 favoráveis. O orçamento foi aprovado com recursos para a convocação de novas turmas de aprovados dos concursos da Polícia Militar e Polícia Penal. Onde deputados haviam prometido na quarta-feira (22) alocação de R$ 12,1 milhões em emendas para a continuação do certame. Antes da votação da LOA, Denarium se comprometeu a iniciar o curso de formação para 120 aprovados no concurso da PM já no próximo dia 15 de janeiro Outros 120 devem ser chamados em julho e mais 230 em dezembro do ano que vem. Únicos a dizerem não ao orçamento do próximo ano, os deputados Jeferson Alves (PTB) e Evangelista Siqueira (PT), criticaram a não contemplação do reajuste salarial dos professores estaduais. A categoria informou que vai organizar uma reunião para discutir um possível estado de greve. Também foram garantidos na LOA a Indenização de Risco de Vida (IRV) para os policiais e bombeiros militares. Segundo a Ale-RR, a gratificação era aguardada há quase oito anos pelos profissionais. Além disso, os deputados destinaram emendas para fortalecer a saúde básica e infraestrutura dos municípios. Abono pecuniário Antes da aprovação da LOA, os deputados aprovaram o Projeto de Lei nº 345/2021, do Executivo, que prevê o pagamento de abono pecuniário extraordinário a oito mil servidores da Educação. Cada trabalhador receberá a quantia de R$ 6 mil até 31 de dezembro deste ano. Recesso Durante o recesso parlamentar, uma Comissão de Representação, composta por 16 deputados, atuará em situações emergenciais e extraordinárias. As atividades administrativas e os programas sociais funcionam normalmente durante o recesso. Comissão de Representação é composta pelos seguintes parlamentares: Soldado Sampaio, Aurelina Medeiros (Pode), Catarina Guerra (SD), Chico Mozart (Cidadania), Coronel Chagas, Eder Lourinho (PTC), Gabriel Picanço (Republicanos), Jeferson Alves (PTB), Lenir Rodrigues (Cidadania), Marcelo Cabral (sem partido), Nilton Sindpol (Patri), Renan (Republicanos), Renato Silva (Pros), Tayla Peres (PRTB) e Yonny Pedroso (SD).