Judiciário e Estado têm leitura defasada e empacam aborto legal

Frente conservadora intensifica ataques aos direitos reprodutivos, mas debate aflorado e avanço na América Latina podem ser favoráveis para brasileiras

Judiciário e Estado têm leitura defasada e empacam aborto legal
'Caminho não será fácil', diz advogada sobre regulamentação e conquista do aborto legal em todos os casosEngin Akyurt/Pexels

Lívia Merlim, coordenadora da ONG Mapa do Acolhimento, aponta que as ofensivas contra o aborto, mesmo os casos previstos em lei, e as tentativas de silenciar são recorrentes. “Desde o impeachment da presidente Dilma Rousseff já existia uma série de iniciativas para dificultar o aborto, como o Estatuto do Nascituro, que falava em preservar a vida desde a concepção. Isso teve um impacto direto nos retrocessos em casos de aborto permitido no país”.

“Mas não se pode negar que, pela primeira vez após a redemocratização, temos um Presidente que abertamente se posiciona contra todas as formas de aborto, inclusive as previstas em lei”, continua Bertholdi, se referindo ao presidente Jair Bolsonaro.

Leia mais...