Petrolina confirma morte de criança e bate recorde com mais de 500 casos de Covid-19 em 24h

Foram realizados mais de 1.300 testes nos três polos montados na cidade em 24 horas. Ao todo, 39% do público que acessou os locais de testagem saiu com resultado positivo para a Covid-19. Petrolina registra pela primeira vez mais de 500 casos positivos da Covid-19 em 24 horas Ascom / PMP O município de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, registrou mais uma morte por Covid-19, de acordo com o boletim divulgado nesta quarta-feira (26), pela Secretaria Municipal de Saúde. A vítima era uma criança de 10 anos, sem histórico de comorbidades. A menina estava internada em um hospital público da cidade e a morte foi registrada na última segunda-feira (24). Agora o município está com 622 óbitos em decorrência do novo coronavírus. A secretária executiva de vigilância em saúde, Marlene Leandro, destaca que os óbitos ocorridos no município são, em sua maioria, de pessoas sem esquema completo ou dose de reforço, além de apresentar pelo menos um tipo de comorbidade. "A vacina contra a Covid-19 não vai impedir de pegar a doença, mas vai proteger contra a forma grave da mesma. Assim, é preciso manter os mesmos protocolos sanitários, evitando aglomerações e exposições", reforça a secretária executiva de vigilância em saúde, Marlene Leandro. Petrolina bate recorde histórico e registra mais de 500 novos casos de Covid-19 em 24h O número de casos em Petrolina também cresceu expressivamente e bateu recorde de infectados pelo coronavírus. Ao todo, 517 pessoas testaram positivo para a Covid-19 nas últimas 24 horas. Segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde, cerca de 1.300 testes foram realizados em três polos montados na cidade, onde 39% do público que realizou a testagem saiu com resultado positivo para a doença. "Observamos um certo relaxamento nas medidas de segurança pela população. Assim, a Secretaria de Saúde vem reforçando a população que a pandemia não acabou e a necessidade de se manter as medidas de segurança, como o uso de máscaras, álcool e distanciamento social", explica Marlene. "A Secretaria adotou os atendimentos a sintomáticos gripais nas Unidades Básicas de Saúde, isso com o objetivo de melhor assistir esses pacientes e dar o direcionamento correto quanto ao diagnóstico. Ampliamos ainda nossos polos de vacinação, agora as 56 UBS estão com vacina contra a Covid-19. Também estamos com o carro da vacina aos finais de semana e feriados na zona rural da cidade, mas assim, é um trabalho em parceira, precisamos que a população também faça seu papel". Com a alta no número de infectados, Petrolina ultrapassa a marca de 40 mil casos de Covid-19 já registrados desde o início da pandemia. Ao todo, 40.433 pessoas já foram diagnosticadas com o novo coronavírus. Desse total, 37.777 estão recuperadas, o que representa 93,4% de cura clínica. O número de casos ativos no município também cresceu, chegando a 2.034. "Não é hora de voltar a vida “normal”, pois estamos voltando a crescer no número de casos, são casos leves, sem gravidade, graças a vacinação, mas precisamos de atenção pois estamos voltando a crescer no número de casos, são casos leves, sem gravidade, graças a vacinação, mas precisamos de atenção", afirma Marlene. De acordo com o novo boletim epidemiológico, Petrolina possui cerca de 222.898 pessoas imunizadas com as duas doses contra a Covid-19, o que representa 94,4% da população. Desse total, 43.323 pessoas receberam a dose de reforço. Atualmente, a Secretaria Municipal de Saúde descentralizou a oferta de vacinas contra a Covid-19 para as unidades de básicas de Saúde, e nesta quarta-feira (26), o município deu início a vacinação de crianças a partir de cinco anos de idade e a secretária executiva de vigilância em saúde deixa um recado para os pais que ainda não levaram os pequenos para se vacinarem. "Devemos continuar acreditando na ciência e no trabalho desenvolvido por inúmeros pesquisadores que estão trabalhando na produção da vacina e focados em salvar vidas. Então, aos pais, mães e responsáveis, eu peço, leve seu filho, filha até uma unidade e vacine. Proteja quem mais você ama". Em relação a ocupação dos leitos de UTI, o boletim registra que, dos 120 leitos disponíveis para a rede PEBA, 68 estão ocupados, isso representa uma taxa de 56,7% de ocupação. Vídeos: mais assistidos do Sertão de PE

Petrolina confirma morte de criança e bate recorde com mais de 500 casos de Covid-19 em 24h

Foram realizados mais de 1.300 testes nos três polos montados na cidade em 24 horas. Ao todo, 39% do público que acessou os locais de testagem saiu com resultado positivo para a Covid-19. Petrolina registra pela primeira vez mais de 500 casos positivos da Covid-19 em 24 horas Ascom / PMP O município de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, registrou mais uma morte por Covid-19, de acordo com o boletim divulgado nesta quarta-feira (26), pela Secretaria Municipal de Saúde. A vítima era uma criança de 10 anos, sem histórico de comorbidades. A menina estava internada em um hospital público da cidade e a morte foi registrada na última segunda-feira (24). Agora o município está com 622 óbitos em decorrência do novo coronavírus. A secretária executiva de vigilância em saúde, Marlene Leandro, destaca que os óbitos ocorridos no município são, em sua maioria, de pessoas sem esquema completo ou dose de reforço, além de apresentar pelo menos um tipo de comorbidade. "A vacina contra a Covid-19 não vai impedir de pegar a doença, mas vai proteger contra a forma grave da mesma. Assim, é preciso manter os mesmos protocolos sanitários, evitando aglomerações e exposições", reforça a secretária executiva de vigilância em saúde, Marlene Leandro. Petrolina bate recorde histórico e registra mais de 500 novos casos de Covid-19 em 24h O número de casos em Petrolina também cresceu expressivamente e bateu recorde de infectados pelo coronavírus. Ao todo, 517 pessoas testaram positivo para a Covid-19 nas últimas 24 horas. Segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde, cerca de 1.300 testes foram realizados em três polos montados na cidade, onde 39% do público que realizou a testagem saiu com resultado positivo para a doença. "Observamos um certo relaxamento nas medidas de segurança pela população. Assim, a Secretaria de Saúde vem reforçando a população que a pandemia não acabou e a necessidade de se manter as medidas de segurança, como o uso de máscaras, álcool e distanciamento social", explica Marlene. "A Secretaria adotou os atendimentos a sintomáticos gripais nas Unidades Básicas de Saúde, isso com o objetivo de melhor assistir esses pacientes e dar o direcionamento correto quanto ao diagnóstico. Ampliamos ainda nossos polos de vacinação, agora as 56 UBS estão com vacina contra a Covid-19. Também estamos com o carro da vacina aos finais de semana e feriados na zona rural da cidade, mas assim, é um trabalho em parceira, precisamos que a população também faça seu papel". Com a alta no número de infectados, Petrolina ultrapassa a marca de 40 mil casos de Covid-19 já registrados desde o início da pandemia. Ao todo, 40.433 pessoas já foram diagnosticadas com o novo coronavírus. Desse total, 37.777 estão recuperadas, o que representa 93,4% de cura clínica. O número de casos ativos no município também cresceu, chegando a 2.034. "Não é hora de voltar a vida “normal”, pois estamos voltando a crescer no número de casos, são casos leves, sem gravidade, graças a vacinação, mas precisamos de atenção pois estamos voltando a crescer no número de casos, são casos leves, sem gravidade, graças a vacinação, mas precisamos de atenção", afirma Marlene. De acordo com o novo boletim epidemiológico, Petrolina possui cerca de 222.898 pessoas imunizadas com as duas doses contra a Covid-19, o que representa 94,4% da população. Desse total, 43.323 pessoas receberam a dose de reforço. Atualmente, a Secretaria Municipal de Saúde descentralizou a oferta de vacinas contra a Covid-19 para as unidades de básicas de Saúde, e nesta quarta-feira (26), o município deu início a vacinação de crianças a partir de cinco anos de idade e a secretária executiva de vigilância em saúde deixa um recado para os pais que ainda não levaram os pequenos para se vacinarem. "Devemos continuar acreditando na ciência e no trabalho desenvolvido por inúmeros pesquisadores que estão trabalhando na produção da vacina e focados em salvar vidas. Então, aos pais, mães e responsáveis, eu peço, leve seu filho, filha até uma unidade e vacine. Proteja quem mais você ama". Em relação a ocupação dos leitos de UTI, o boletim registra que, dos 120 leitos disponíveis para a rede PEBA, 68 estão ocupados, isso representa uma taxa de 56,7% de ocupação. Vídeos: mais assistidos do Sertão de PE