PM prende trio que roubou e matou homem carbonizado

Polícia prendeu 3 homens apontados como autores do homicídio contra Solimar Mendes da Silva, 58. Ele foi encontrado morto dentro de casa, na zona rural de Peixoto de Azevedo (691 km ao Norte de Cuiabá). Casa foi incendiada e a vítima estava parcialmente carbonizada. Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI). De acordo com as informações apuradas, corpo da vítima foi encontrado dentro de casa por volta das 2h de domingo (26). Além da casa carbonizada, os policiais encontraram no local duas cápsulas de espingarda 28. Em apuração, a equipe descobriu que a vítima esteve em um jantar de natal e que bebeu até às 20h. Como estava bêbado, deixou a moto no sítio e pegou carona até a casa. Amigos só descobriram na manhã seguinte que ele estava morto. Uma testemunha contou que recebeu mensagens do filho, rapaz de 20 anos, afirmando que foi na casa da vítima e que chegou lá o encontrou morto e a casa pegando fogo. Questionado sobre o motivo de não ter ajudado a apagar as chamas, o rapaz afirmou que ‘ficou com medo’, já que ninguém acreditaria nele. Prisões Polícia desconfiou da versão do filho da testemunha e foi atrás dele. Assim que abordado, confessou ter participado de um plano para matar a vítima. Tudo aconteceu na noite de natal, quando eles ouviram a vítima ostentando que tinha dinheiro em casa. Os comparsas de 20 e 36 anos foram até a casa do suspeito e usaram a espingarda dele para cometer o crime. Depois que mataram ele com tiros, atearam fogo na casa e roubaram um valor de R$ 3 mil...

PM prende trio que roubou e matou homem carbonizado
Polícia prendeu 3 homens apontados como autores do homicídio contra Solimar Mendes da Silva, 58. Ele foi encontrado morto dentro de casa, na zona rural de Peixoto de Azevedo (691 km ao Norte de Cuiabá). Casa foi incendiada e a vítima estava parcialmente carbonizada. Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI). De acordo com as informações apuradas, corpo da vítima foi encontrado dentro de casa por volta das 2h de domingo (26). Além da casa carbonizada, os policiais encontraram no local duas cápsulas de espingarda 28. Em apuração, a equipe descobriu que a vítima esteve em um jantar de natal e que bebeu até às 20h. Como estava bêbado, deixou a moto no sítio e pegou carona até a casa. Amigos só descobriram na manhã seguinte que ele estava morto. Uma testemunha contou que recebeu mensagens do filho, rapaz de 20 anos, afirmando que foi na casa da vítima e que chegou lá o encontrou morto e a casa pegando fogo. Questionado sobre o motivo de não ter ajudado a apagar as chamas, o rapaz afirmou que ‘ficou com medo’, já que ninguém acreditaria nele. Prisões Polícia desconfiou da versão do filho da testemunha e foi atrás dele. Assim que abordado, confessou ter participado de um plano para matar a vítima. Tudo aconteceu na noite de natal, quando eles ouviram a vítima ostentando que tinha dinheiro em casa. Os comparsas de 20 e 36 anos foram até a casa do suspeito e usaram a espingarda dele para cometer o crime. Depois que mataram ele com tiros, atearam fogo na casa e roubaram um valor de R$ 3 mil...