Terça, 22 Setembro 2020 19:16

Milhares de torrents maliciosos estão se passando pelo filme Mulan


Mais de 18 mil arquivos de torrent são potencialmente maliciosos e se passam pelo filme 'Mulan', produção recente da Disney. A informação é da ESET, empresa brasileira especializada na detecção de ameaças
digitais.O longa-metragem teve seu lançamento mundial nos cinemas adiado devido à pandemia do novo coronavírus. Em uma decisão polêmica, a Disney decidiu migrar a estreia para sua plataforma de streaming oficial, o Disney+. Desde então, o filme registrou a liderança de pirateamento na internet, de acordo com fontes como o Torrent Freak.Além de ser crime, o consumo e compartilhamento de conteúdos pirateados é potencialmente perigoso para o usuário. Isso se comprova pelo registro de milhares de arquivos de torrent se passando pelo filme, mas que em verdade eram conteúdos maliciosos.Para Luis Lubeck, especialista em segurança da informação da ESET, é importante que o usuário esteja atento e não utilize de meios como estes para consumir conteúdo online. "Os usuários devem sempre ter em mente os riscos associados ao download deste tipo de conteúdo, uma vez que os cibercriminosos aproveitam momentos ou temas de grande interesse para distribuir diferentes códigos maliciosos. Embora existam torrents legítimos, essa tecnologia de distribuição de arquivos maliciosos não é uma prática nova".Prática perigosaO torrent, sistema peer to peer (P2P) de transferências de arquivos entre usuários, ganhou grande popularidade na internet para o compartilhamento de conteúdo ao longo do tempo. A facilidade do sistema levou que se tornasse comum seu uso para distribuição de filmes, jogos, programas e demais arquivos pirateados.Devido a esta grande utilização, principalmente em conteúdos com apelo, como lançamentos de filmes, usuários maliciosos se aproveitam do formato para disseminar vírus e outras categorias de arquivos malware na rede. "Em apenas 4 dias desde o lançamento oficial, foram detectados vários exemplos de código malicioso que tentam capturar o interesse de suas vítimas usando o nome de um filme tão esperado, e é aqui que o usuário deve se concentrar e se conscientizar dos riscos aos quais está exposto durante o download de filmes ou outro conteúdo por meio de torrents", completou Lubeck.
Ler 20 vezes

Atendimento ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Suporte ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Depto financeiro:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Publicidade & Propaganda: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Notícias

Vídeos

Guia Comercial

Nossa Empresa

Please publish modules in offcanvas position.