Segunda, 28 Janeiro 2019 13:00

De malas prontas, aprenda a planejar sua bagagem para viajar

Faça um check-list para saber exatamente o que vai levar e não se esquecer de nada(foto: Juliana Andrade/CB/D.A Press)


O planejamento para um novo

roteiro exige a escolha de uma bagagem ideal. Sozinho ou acompanhado, é essencial saber o que levar na hora de embarcar. Mais do que isso: regras e descontos não podem ser esquecidos. Segundo o último acordo estabelecido pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), na resolução nº400/2016, as bagagens de mão podem ser levadas sem custo, desde que tenham uma certa pedida e pesem, no máximo, 10kg.

A outra mudança é que as companhias aéreas têm total autonomia em designar o que e como cobrar do cliente em relação ao despacho de bagagem, algumas com preços diferentes ou sem franquia. O fato é que cada empresa tenta fazer do seu produto o melhor do mercado. Isso é a lei. Cabe ao consumidor se encaixar nela e conseguir levar o necessário para viajar.

A personal organizer Bárbara Volnei aconselha que o modelo mais indicado para quem não deseja despachar a mala é a mais resistente. “Escolha modelos com algumas divisórias internas e que as rodas girem 360° para facilitar o manuseio”, ensina. “Escolha peças neutras que possibilitam mais combinações e te ajudarão a levar menos roupas”, diz.

Por último, Bárbara ressalta que a forma como as roupas são organizadas é que dita se ficarão amassadas ou não. “Peças maiores e mais encorpadas deverão ficar embaixo, e as mais leves, em cima. Encaixe calçados e necessaire nas laterais. Faça rolinhos com as peças de roupas mais molinhas. Essas dicas ajudam a amassar menos e ganhar mais espaço”.

Toda segurança é necessária na hora de despachar a bagagem, por isso, cadeados são fundamentais(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)
Toda segurança é necessária na hora de despachar a bagagem, por isso, cadeados são fundamentais(foto: Wikimedia Commons/Reprodução)


Bárbara recomenda que a bagagem seja organizada com antecedência para não pagar excesso e evitar o esquecimento de algo essencial. Um remédio de uso contínuo foi um dos objetos esquecidos em uma viagem a passeio da estudante Julyanna Nepomuceno, 23 anos. Desde então, ela adotou uma check-list para facilitar. “Faço a lista um dia antes para ver o que eu preciso levar. No dia de fazer a mala, fica mais fácil, porque só vou dando ‘ok’ na lista. As minhas últimas viagens foram assim e não esqueci nada”, recomenda.

Companhias aéreas


As companhias aéreas Latam, Gol e Avianca adotaram o transporte gratuito para as bagagens de mão — de até 10kg e tamanhos específicos. A Azul criou ainda duas opções de tarifas. Uma delas inclui o despacho de bagagem de no máximo 23kg que deixa o valor da passagem mais barato.

Se a escolha for por uma mala de mão, há chances de encontrar uma alternativa a partir de R$ 45. Já no modelo de rodinha, mais dura, o valor pode começar na casa dos R$ 90. Dê preferência às malas com cadeados, pois é mais seguro para o trânsito em aeroportos ou rodoviárias. Itens de proteção são essenciais, como as etiquetas de bagagem.

* Estagiária sob a supervisão de Leonardo Meireles

Ler 66 vezes

Atendimento ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Suporte ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Depto financeiro:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Publicidade & Propaganda: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Notícias

Vídeos

Guia Comercial

Nossa Empresa

Please publish modules in offcanvas position.