Quarta, 23 Agosto 2017 09:54

Vestido de casamento de Diana foi ajustado diversas vezes por sua constante perda de peso

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)
.

julho de 1981." data-reactid="23">Em uma nova entrevista para o os designers Elizabeth e David Emanuel revelaram tudo que tiveram que enfrentar, até a chegada do grande dia, em 29 de julho de 1981.

Os designers foram contatados por Diana pela primeira vez em janeiro de 1981, um ano após o início de seu namoro com o Príncipe Charles.

Ao longo dos meses, até o casamento, os Emanuel criaram diversas peças para a princesa, incluindo o famoso vestido preto que ela usou logo após o anúncio de seu noivado.

David e Elizabeth Emanuel criaram diversos vestidos para Diana, incluindo esta famosa peça [Foto: PA]

Quando os dois receberam a ligação pedindo que criassem o vestido de casamento de Diana, ficaram surpresos – especialmente porque não receberam instruções nem do Palácio de Buckingham, nem da própria Diana.

“Eu fui atrás de todos os livros que consegui encontrar sobre os casamentos da realeza: Rainha Victoria; sua filha, Princesa Beatrice; Rainha Mary,” explicou Elizabeth. “E assisti a todos os meus filmes favoritos antigos: ‘O Leopardo’, ‘E o Vento Levou’, ‘Barry Lyndon’. A inspiração veio de tudo isso”.

Felizmente os designers estavam no caminho certo, já que Diana adorou as ideias apresentadas em seu primeiro encontro. Ela experimentou alguns vestidos prontos e se apaixonou por um modelo com uma saia ampla, cintura marcada e finos detalhes.

No segundo encontro, os designers, Diana e sua mãe, decidiram qual seria a cor: um tom marfim inspirado em vestidos de casamento vintage.

Elizabeth descreveu que Diana “estava sempre pronta para as provas” e “nunca reclamou por ter que passar horas na mesma posição”.

O vestido de casamento de Diana envolveu 15 provas e 10 mil pérolas [Foto: PA]

No entanto, houve um grande problema que os designers tiveram que enfrentar: a constante perda de peso de Diana. No total, os Emanuel fizeram cinco corpetes diferentes para a cintura cada vez menor da princesa, ressaltando que “ela estava incrivelmente fina no final. Nós literalmente a costuramos no vestido”.

Quando chegou o grande dia, tudo deveria seguir uma programação extremamente apertada. Os Emanuel entregaram o vestido na Clarence House no dia anterior, voltando na manhã do casamento para ajudar Diana a colocar o vestido, pela última vez.

Considerando o tamanho do vestido, não é surpreendente que fosse necessário um certo tempo para vesti-lo. Elizabeth explicou que primeiro eles colocaram a anágua em Diana, depois os sapatos, e, finalmente, o vestido.

Depois o problema foi assegurar que o vestido não amassasse na carruagem. David e Elizabeth passaram horas praticando uma técnica para dobrá-lo de forma semelhante a “como você dobraria um lençol de cama”.

Os designers também foram instruídos a fazer um vestido secreto como “Plano B” [Foto: PA]

Depois de correrem para o local do casamento real – Catedral de São Paulo – os designers ficaram horrorizados quando notaram que o vestido havia amassado mais do que o esperado.

“Eu me lembro de sussurrar para o David: “Oh meu Deus, ele amassou,” relembra Elizabeth. “E pensei: ‘Nós precisamos ajeitar aquele vestido’”.

“Na carruagem apertada, ele acabou amassando muito mais do que esperávamos. Nós havíamos feito um ensaio, mas sem o pai dela, Earl Spencer, no carro – e ele era um homem bem grande”.

“O dia estava quente, havia muito volume e ela estava nervosa, então ficava segurando o vestido em suas mãos. Felizmente nós sabíamos que o tecido iria ceder – é para isso que estávamos lá”.

Com a ajuda das madrinhas, a dupla conseguiu alisar o vestido e a enorme cauda, antes de se acomodar para assistir à cerimônia.

A tarefa final foi realizada no retorno ao palácio, ajeitando o vestido e o véu de Diana para as fotos oficiais do casamento.

O casamento pode não ter durado, mas o vestido de casamento de Diana entrou para a história [Foto: PA]

Após um dia cheio, os Emanuel voltaram para seu estúdio em Mayfair. Quando estavam prestes a ir embora, foram surpreendidos por uma ligação de Diana, agradecendo-lhes por terem criado o vestido dos seus sonhos.

“Aquilo significou muito. Lá estava ela, exausta na noite do seu casamento, tirando um tempo para nos ligar. Mas ela era exatamente assim,” lembra Elizabeth.

O vestido – que foi feito de tule, malha e seda e continha 10 mil pérolas – custou £1.050 na época, valor equivalente a £4.140 (R$ 16,8 mil) atuais.

Elizabeth também revelou que os dois receberam a tarefa de fazer mais dois vestidos secretos. Um deles era uma cópia exata do maravilhoso vestido de Diana, que acabou sendo exposto no museu Madame Tussauds.

O outro seria um “Plano B” secreto, caso o vestido verdadeiro fosse descoberto antes do dia do casamento. Elizabeth admite que ficou feliz pela segunda escolha de Diana não ter sido usada, já que os designers não tiveram tempo de finalizar o seu acabamento e o vestido acabou ficando com um modelo muito mais simples.

Fazer parte desta história deve ter sido uma experiência e tanto.

Ler 33 vezes

Atendimento ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Suporte ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Depto financeiro:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Publicidade & Propaganda: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Notícias

Vídeos

Guia Comercial

Nossa Empresa

Please publish modules in offcanvas position.