Imprimir esta página
Quarta, 28 Fevereiro 2018 10:52

Ídolo do Raptors, DeMar DeRozan fala sobre depressão: "O mundo acima de você"

Avalie este item
(0 votos)
DeMar DeRozan, ídolo do Toronto Raptors
Reprodução
DeMar DeRozan, ídolo do Toronto Raptors

Ídolo do Toronto Raptors, DeMar DeRozan pode estar em um grande momento dentro das quadras, mas fora dela, vive

tempos difíceis. Poucos dias antes de sua quarta participação no All-Star Game da NBA, o jogador escreveu em sua rede social: "Essa depressão leva o melhor de mim". A mensagem pegou os fãs de surpresa e os deixou preocupados.

Em uma entrevista ao The Toronto Star, DeMar DeRozan se abriu e comentou sobre o assunto. "É uma daquelas coisas que não importa o quão indestrutível nós pareçamos, somos todos humanos no fim do dia. Todos nós temos sentimentos e às vezes parece que o mundo inteiro está acima de você", disse o californiano de 28 anos de idade.

This depression get the best of me...

— DeMar DeRozan (@DeMar_DeRozan)

"Não é nada de que me envergonhe. Agora, na minha idade, tenho ciência de quantas pessoas passam por isso. Mesmo que algumas possam olhar e dizer coisas como ‘ele passa por isso e ainda está aí tendo sucesso e fazendo as coisas’, estou bem com isso. A depressão pode atingir qualquer um, mas quero que as pessoas olhem para mim e me vejam como um exemplo"", completou.


Saúde mental

Recentemente, a diretora executiva da NBPA comentou sobre a necessidade de cuidar também da saúde mental dos atletas da principal liga de basquete do mundo. "Fomos ingênuos em achar que não tínhamos que dar a mesma atenção para o bem-estar mental dos jogadores assim como o bem-estar físico. É uma pena que não tenhamos dado atenção a isso há muito tempo", disse Michele Roberts ao site SB Nation.

DeRozan na NBA

Draftado no ano de 2009 pelo Toronto Raptors, DeMar DeRozan é um ídolo da franquia canadense. Quatro vezes All-Star Game, é um dos responsáveis pela atual liderança do time na Conferência Leste. Nesta temporada, o ala conta com média de 23.9 pontos, 5.2 assistências e 4.0 rebotes por partida.

Ler 214 vezes