Imprimir esta página
Quinta, 17 Dezembro 2020 13:38

São Paulo bate Atlético-MG com autoridade e amplia vantagem na ponta

Avalie este item
(0 votos)
 
SAO PAULO, BRAZIL - DECEMBER 16: Gabriel Sara of Sao Paulo celebrates after scoring second goal of his team during a match between Sao Paulo and Atletico MG as part
of Brasileirao Series A 2020 at Morumbi Stadium on December 16, 2020 in Sao Paulo, Brazil. (Photo by Miguel Schincariol/Getty Images)

O São Paulo goleou o Atlético-MG por 3 a 0, no Morumbi, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro, com gols de Igor Gomes, Gabriel Sara e Toró. Com o resultado, o Tricolor abriu novamente sete pontos de vantagem para o Galo na liderança. O São Paulo tem 53 pontos, enquanto o Atlético-MG estaciona com 46 e vê a liderança mais longe.

As duas equipes voltam a campo pela 26ª rodada do Brasileirão. O São Paulo enfrenta o Fluminense, às 21h, no próximo sábado (26), no Maracanã, enquanto o Atlético-MG encara o Coritiba, também no sábado (26), às 17h, no Mineirão.

Leia também:

JOGO COMEÇA EQUILIBRADO E SÃO ​PAULO ASSUSTA

Com propostas bem definidas, São Paulo e Atlético-MG começaram o jogo de forma bastante equilibrada. Ambas as equipes pressionavam a saída de bola, ocasionando lances de perigo. Aos quatro minutos, Daniel Alves dominou e bateu de fora da área. A bola desviou, mas Everson, bem colocado, fez a defesa.

O Tricolor continuou em cima do Galo, que encontrava dificuldades na criação das jogadas. Com intensa movimentação, os comandados de Fernando Diniz arriscavam também de fora da área. Com nove minutos, novamente Dani Alves bateu e a bola passou ao lado da meta atleticana, com perigo.

GALO CRIA, MAS TRICOLOR ABRE O PLACAR COM BELO GOL
Depois das primeiras chances criadas pelo São Paulo, o jogo deu uma acalmada, com o Atlético-MG conseguindo chegar mais ao gol de Tiago Volpi. Aos 15 minutos, Allan soltou a bomba de pé esquerdo e a bola passou perto, à esquerda do gol são-paulino. Com boa troca de passes, o Galo conseguia ficar mais com a bola, mas não assustava muito.

O Tricolor aproveitou e tomou novamente as rédeas da partida. Com 18 minutos, Brenner invadiu a área e bateu forte de pé esquerdo, mas Everson defendeu. No rebote, Reinaldo chutou para fora. De tanto insistir, o São Paulo chegou ao gol aos 24 minutos. Tchê Tchê avançou e tocou para Igor Gomes, que limpou a jogada e soltou uma bomba de fora da área para abrir o placar.

GOLEIROS SÃO DESTAQUE NO FINAL DA PRIMEIRA ETAPA
Depois do gol sofrido, a equipe de Jorge Sampaoli acordou e começou a levar perigo. Aos 27, Savarino pegou a bola após um desarme de Bruno Alves e bateu para boa defesa de Volpi. Três minutos depois, foi a vez de Keno fazer boa jogada e bater de fora da área, para mais uma boa intervenção do goleiro são-paulino.

No último lance da primeira etapa, aos 43 minutos, Daniel Alves bateu falta de forma precisa, por cima da barreira. Everson voou e espalmou para escanteio, evitando o segundo gol do Tricolor antes do intervalo.

ATLÉTICO-MG COMEÇA SEGUNDA ETAPA PRESSIONANDO
Perdendo a partida, o Atlético-MG veio com alterações. Franco entrou na vaga de Igor Rabello, tentando dar mais volume ofensivo à equipe. Logo aos dois minutos, Calebe bateu forte para Volpi defender em dois tempos. Logo depois, aos 11, Guga levou perigo com cruzamento venenoso que quase foi para dentro da meta são-paulina.

Depois das chances criadas pelo clube mineiro, o jogo deu uma acalmada nas finalizações. Sob forte chuva, as equipes arriscavam menos e, com bastante compactação, não davam espaços nos setores ofensivos.

GALO FICA COM UM A MENOS E SÃO PAULO QUASE MARCA O SEGUNDO
Com tanta marcação no meio-campo, a partida teve muitas faltas e cartões amarelos, ficando cada vez mais 'picotada'. Aos 20 minutos, Allan e Tchê Tchê se estranharam, dando início a uma confusão entre os jogadores. O entrevero rendeu o cartão amarelo aos jogadores. Nove minutos depois, o volante do Atlético-MG deu uma entrada em Dani Alves e foi expulso.

Nesse mesmo lance da expulsão de Allan, quase o São Paulo marcou o segundo e seria um golaço. Luan tentou o chute do meio de campo e a bola passou por cima da meta de Everson, assustando o goleiro atleticano. Logo depois, aos 32, Brenner bateu forte a bola tirou tinta da trave.

GABRIEL SARA E TORÓ MARCAM E TRICOLOR GOLEIA
Encaixotado, o Atlético-MG não conseguia sair na troca de passes, o que facilitava o roubo de bola são-paulino. Com isso, os comandados de Fernando Diniz trocavam mais passes e levavam perigo ao gol de Everson. Em uma dessas trocas de passes, saiu o segundo gol.

Aos 37 minutos, Vitor Bueno recebeu de Igor Gomes, foi a linha de fundo e cruzou de esquerda para Gabriel Sara completar para o gol, ampliando o marcador para o São Paulo. E cabia ainda mais. Aos 45, Toró ajeitou para o meio e bateu firme para completar a goleada.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 3 X 0 ATLÉTICO-MG
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data e horário: 16 de dezembro de 2020, às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Raphael Pires (GO)
VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)
Gols: 1-0 Igor Gomes (24'/1ºT), 2-0 Gabriel Sara (34,2ºT), 3-0 Toró (45'2ºT)
Cartões amarelos: Igor Rabello (Atlético-MG)
Cartões vermelhos: Alan ((Atlético-MG))

SÃO PAULO
Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan, Tchê Tchê, Daniel Alves, Gabriel Sara e Igor Gomes; Brenner. Técnico: Fernando Diniz.

ATLÉTICO-MG
Everson; Igor Rabello (Alan Fanco, Intervalo), Gabriel, Alonso; Guilherme Arana, Allan, Calebe e Guga; Keno, Savarino e Vargas. Técnico: Jorge Sampaoli.

Siga o Yahoo Esportes no,e

Ler 43 vezes Última modificação em Quinta, 17 Dezembro 2020 14:19