Big Banner Hospedagem de Site 1360x150
Quinta, 12 Dezembro 2019 07:00

Marlon Moraes mira usar pontos fortes de Aldo a seu favor e rebate declaração de rival

Avalie este item
(0 votos)
.

“É um prazer estar lutando com uma lenda do esporte. Mas não posso só olhar para ele. Tenho que pensar em mim, fazer uma da melhores lutas da minha

vida e sair vencedor. Ele é um atleta completo, tem todas as armas. Não podemos entrar lá e o subestimar em nada. É entrar focado, fazer meu trabalho e vencer da maneira que ela vier. (…) Nós somos diferentes, ele tem alguns aspectos que podem lhe dar vantagem, mas esses mesmos aspectos podem ser desvantagem também. Vou explorar o que ele acha que vai ser uma arma, usando a meu favor”, disse, emendando.

“Eu respeito, cada um tem sua opinião, mas vamos ver sábado à noite. Uma luta de MMA não é só força”, completou.

Nos seus compromissos no UFC, José Aldo sempre sofreu com o corte de peso, chegando ao seu limite no dia da pesagem. Por isso, foi uma surpresa geral quando anunciou que desceria para os galos. Apesar disso, Marlon confia que o compatriota vai cumprir sua missão com o peso e vê essa sua migração de divisão por não ele ter mais espaço entre os desafiantes ao título no peso-pena e ser “pequeno” demais para a divisão do peso-leve (70 kg).

Marlon Moraes em ação no UFC Fortaleza – Leandro Bernardes/Ag Fight

“Ele é um cara que foi campeão, gosta de lutar por títulos e é um símbolo do nosso MMA. Ele quer ser campeão. Para ele hoje seria o caminho mais curto (ir para os galos), do que subindo (para os leves), porque os atletas dessa categoria são bem maiores. E no peso-pena ele ficou sem chance de lutar com o Max (Holloway). Foi o caminho mais curto de chegar até uma disputa de cinturão”, contou.

No seu início de carreira, Marlon Moraes chegou a treinar um tempo na equipe ‘Nova União’, a mesma de Aldo. Mas o brasileiro frisou que, apesar de terem dividido treinamentos, ambos os lutadores mudaram muito neste tempo. Atualmente o ‘Magic’ treina na equipe ‘American Top Team’, com sede nos Estados Unidos.

“Nunca imaginei que pudesse acontecer (se enfrentarem). Mas sempre tive o sonho de lutar no UFC, com os melhores e não lembro muito (dos treinos de Aldo na ‘Nova União’). A gente não treinava muito juntos também. Mas muito tempo passou, nós somos novos atletas e sábado à noite todo mundo vai ter a chance de ver isso e nos testarmos um contra o outro”, afirmou.

Encarar e vencer um ex-campeão do Ultimate pode elevar novamente o patamar de Marlon Moraes e aproximá-lo a uma nova disputa de cinturão. Porém, atualmente esse não é o pensamento do lutador, que foca somente em Aldo.

“Quero vencer, não estou pensando em ter como isso de ter retorno quanto a fãs. Meu objetivo é lutar com os melhores, mostra minha história, como cheguei e quem sabe um dia ser campeão. Sonho não morreu. Estou trabalhando e quem sabe a gente possa ter uma oportunidade de fazer tudo diferente”, completou.

Em junho deste ano, Marlon – que vinha de quatro vitórias consecutivas – acabou derrotado por Henry Cejudo, em combate válido pelo cinturão peso-galo do Ultimate. Apesar do revés, o brasileiro é o atual número um do ranking.

Ler 131 vezes

Atendimento ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Suporte ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Depto financeiro:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Publicidade & Propaganda: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Notícias

Vídeos

Guia Comercial

Nossa Empresa

Please publish modules in offcanvas position.