Imprimir esta página
Segunda, 10 Junho 2019 21:19

Duas vítimas de explosão de barco no AC são transferidas para hospital de BH em avião da FAB


Pacientes são uma criança, de 4 anos, e um homem, de 38 anos, que estavam internados em Rio Branco. Acidente deixou 18 pessoas feridas após barco explodir no Rio
Juruá, na sexta (7). Barco explodiu no Rio Juruá, em Cruzeiro do Sul, nesta sexta-feira (7) Gledisson Albano/Rede Amazônica Acre Duas vítimas da embarcação que explodiu no Rio Juruá, em Cruzeiro do Sul, interior do Acre, na sexta-feira (7), vão ser transferidas de hospitais de Rio Branco, na noite desta segunda (10), para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, em Belo Horizonte. Um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) foi acionado para transportar os paciente até a unidade. A chegada do avião no Acre está previsto para às 20h30 (horário local) com previsão para decolar às 22h. Segundo a Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre), o voo deve chegar em Belo Horizonte na madrugada desta terça (11). Os transferidos são: Paulo Vitor, de 4 anos, que estava internado no Hospital da Criança com queimaduras no rosto, e Humberto da Conceição, de 38 anos, que tem 80% do corpo queimado. A Sesacre informou que os dois pacientes estão estáveis, tem bom prognóstico e com chances de transferência. Foi levantada a hipótese do bebê de 9 meses também ser transferido, mas o quadro de saúde não permitiu. Os pacientes serão levados para o aeroporto de Rio Branco em duas ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), sendo uma de suporte avançado com UTI. No Hospital do Juruá ainda seguem internados nove vítimas do acidente. Destes, quatro estão na UTI, sendo que três estão em estado gravíssimo e outros cinco pacientes internados na enfermaria, com quadro clínico estável, mesmo com queimaduras entre 25% a 40%. Duas ambulâncias do Samu, sendo uma com suporte avançado, foram destacadas para levar pacientes até o aeroporto de Rio Branco Divulgação/Sesacre Acidente A explosão da embarcação deixou 18 pessoas gravemente feridas, no final da tarde de sexta-feira (7). Segundo o Corpo de Bombeiros, o barco transportava mercadorias, pessoas e combustível para os municípios de Porto Walter e Marechal Thaumaturgo, no interior do estado. Entre os feridos há duas crianças que foram encaminhadas a Rio Branco. Um bebê de nove meses, que segue em estado gravíssimo e precisou passar por procedimentos cirúrgicos e a criança de 4 anos, que teve 25% do corpo queimado, principalmente a face e a parte superior do corpo. Em Rio Branco, além das duas crianças, outros três pacientes foram internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com grandes extensões de queimaduras. De acordo com a Sesacre, este são casos mais graves, que podem desenvolver ainda complicações renais. Uma das vítimas do acidente, Simone Souza Rocha, de 24 anos, morreu na tarde deste domingo (9), após ter uma parada cardiorrespiratória, no Hospital do Juruá.
Ler 21 vezes