Imprimir esta página
Terça, 02 Junho 2020 12:03

Sem Interlagos, Fórmula 1 divulga calendário inicial da temporada com apenas oito corridas e provas repetidas

A Fórmula 1 confirmou nas primeiras horas desta terça-feira o calendário da temporada 2020 com apenas oito corridas. Somente seis países europeus foram envolvidos, na espera do cenário mundial da
pandemia do novo coronavírus melhorar, incluindo mais de um grande prêmio no mesmo local. O primeiro GP está marcado para 5 de julho em Spielberg,...
MotorSport

MotorSport

A Fórmula 1 confirmou nas primeiras horas desta terça-feira o calendário da temporada 2020 com apenas oito corridas. Somente seis países europeus foram envolvidos, na espera do cenário mundial da pandemia do novo coronavírus melhorar, incluindo mais de um grande prêmio no mesmo local. O primeiro GP está marcado para 5 de julho em Spielberg, na Áustria. Não haverá a presença de público nesta fase inicial.

Inicialmente, só foi divulgado o calendário europeu da temporada. A ideia inicial da organização da categoria continua sendo realizar entre 15 e 18 provas, passando ainda por Ásia, Oriente Médio e pelas Américas. Sendo assim, o GP Brasil ainda não está confirmado.

O início da F1 está agendado para 5 de julho, daqui pouco mais de um mês na Áustria. Uma semana depois, uma nova corrida acontecerá Spielberg. Depois de sete dias ocorrerá o GP da Hungria, em Hungaroring. Até 6 de setembro, a Fórmula 1 ainda passará duas vezes por Silverstone, na Inglaterra, Espanha, Bélgica e Itália.

A organização da categoria renomeou os GP’s que serão repetidos. Na Áustria, a segunda prova será o GP de Estíria, região de Spielberg. Já em Silverstone, a corrida extra será batizada de GP 70º aniversário, em homenagem à primeira realização de uma prova da F1 no tradicional circuito há 70 anos.

“Nas últimas semanas, trabalhamos incansavelmente com todos os nossos parceiros, a FIA e as equipes para criar um calendário de abertura revisado para 2020, permitindo-nos reiniciar as corridas da maneira mais segura possível. Nós temos o prazer de poder definir nosso calendário de oito corridas de abertura hoje e estamos ansiosos para publicar nosso calendário completo nas próximas semanas. Embora atualmente esperemos que a temporada comece sem fãs, esperamos que nos próximos meses a situação nos permita recebê-los de volta uma vez que seja seguro, mas sabemos que o retorno da Fórmula 1 será um incentivo bem-vindo aos fãs de esportes em todo o mundo”, falou o CEO Chase Carey.

Até o momento, quatro eventos na temporada já foram cancelados (GP’s da Austrália, Holanda, Mônaco e França) e seis foram adidos (GP’s do Barein, China, Vietnã, Espanha, Azerbaijão e Canadá).

Confira o calendário da Fórmula 1:

5 de julho– GP da Áustria (Spielberg)

12 de julho- GP da Estíria (Spielberg)

19 de julho- GP da Hungria (Hungaroring)

2 de agosto- GP da Inglaterra (Silverstone)

9 de agosto- GP 70º aniversário (Silverstone)

16 de agosto- GP da Espanha (Barcelona)

30 de agosto- GP da Bélgica (Spa-Francorchamps)

6 de setembro- GP da Itália (Monza)

Ler 24 vezes