Big Banner Hospedagem de Site 1360x150
Sexta, 18 Setembro 2020 21:09

Passos e Cássia avançam para onda verde do Minas Consciente; governo de MG pede cautela


Secretário Adjunto de Saúde, Marcelo Cabral, sugeriu que medidas ‘conservadoras’ sejam adotadas, mas salientou que a decisão cabe a cada município. Passos e Cássia avançam para onda verde no
Minas Consciente; governo pede cautelaEm coletiva de imprensa nesta sexta-feira (18), o Governo de Minas Gerais destacou que Passos e Cássia avançaram para a onda verde do Programa Minas Consciente. Mesmo com o progresso, que permite mais flexibilização, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) pediu cautela às cidades. O pedido, em tom de orientação, foi do Secretário Adjunto de Saúde, Marcelo Cabral. Ele pontuou que cada município é livre para adotar as medidas, mas frisou a importância de, neste momento, situações mais “conservadoras” serem implementadas. “Em Passos e Cássia a microrregião já se encontrava na onda verde e a macrorregião se encontra na onda amarela. O que é importe distinguir é que quando a microrregião se encontra em uma situação mais favorável à abertura, a orientação é de uma postura mais conservadora, mais restritiva. Isso tem uma razão de ser em função de os indicadores, as implicações e as consequências repercutirem para a região. Mas, repetindo, a microrregião de Passos e Cássia se encontravam e se encontram na onda verde e a macrorregião se encontrava e se encontra na onda amarela. A decisão [do que fazer] cabe a cada município”, disse na coletiva. Secretário Adjunto de Saúde, Marcelo Cabral, citou Passos e Cássia na coletiva desta sexta-feira (18) Divugalção/SES/MG Outras cidades do Sul de MG Ainda esta semana, antes do anúncio sobre Passos e Cássia, pelo menos seis municípios da área de cobertura da EPTV Sul de Minas, Afiliada Rede Globo, que fazem parte da macrorregião Centro-Sul de saúde, progrediram para a onda verde do Programa Minas Consciente. O Governo de Minas Gerais anunciou que as macrorregiões Oeste e Centro-Sul avançaram para a fase mais flexível do programa. Segundo o governo, essas regiões vão progredir para a Onda Verde depois de 28 dias na Onda Amarela, graças aos bons índices epidemiológicos. No Sul de Minas, esta medida beneficia os municípios de Bom Sucesso, Conceição da Barra de Minas, Ibituruna, Nazareno, São Tiago e São Vicente de Minas. A onda verde compreende o último nível do plano Minas Consciente, fase em que é permitida a maior parte das atividades, como bares com música ao vivo, cinemas e parques. Todas as aberturas devem respeitar os protocolos estipulados pelo Governo de Minas, que incluem padrões de distanciamento social e práticas de higienização. Os outros avanços deliberados são para que as macrorregiões Triângulo do Norte e Noroeste avancem para a onda amarela, com a permissão para retomada de serviços como bares e academias. Ao todo, nove macrorregiões de Saúde integram a onda amarela, incluindo também as regiões Sul, Sudeste, Centro, Jequitinhonha, Leste, Leste do Sul e Vale do Aço. Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas
Ler 7 vezes

Atendimento ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Suporte ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Depto financeiro:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Publicidade & Propaganda: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Notícias

Vídeos

Guia Comercial

Nossa Empresa

Please publish modules in offcanvas position.