Quarta, 08 Mai 2019 11:46

Bloqueio de verbas do Cefet chega a 35,4% e deve afetar diretamente funcionários terceirizados


Segundo instituição, serviços básicos também podem ser atingidos, já que ajustes vinham sendo feitos nos últimos anos. Cefet-MG, Varginha, EnemArquivo/ Reprodução EPTV O bloqueio de verbas anunciado pelo Ministério
da Educação vai afetar também as unidades do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais. Segundo a instituição, o corte no repasse chega a 35,4% e deve afetar diretamente os serviços e funcionários terceirizados. Segundo nota divulgada pelo Cefet-MG, do total de recursos de manutenção e funcionamento, que era de R$ 48.048.931(sem contar a assistência estudantil), foram bloqueados R$ 16.983.100, deixando, portanto, R$ 31.065.831. O comunicado diz ainda que o bloqueio “impacta fortemente o funcionamento” das unidades, já que devido à diminuição dos repasses nos últimos anos, a instituição já vinha fazendo ajustes “para evitar prejuízos às atividades de ensino, pesquisa e extensão”. Essas mudanças foram feitas em serviços de segurança e limpeza, por exemplo. Agora conforme o Cefet-MG, os novos cortes devem causar problemas e inviabilizar o pagamento de serviços básico, “como despesas com água, energia elétrica e atividades terceirizadas”. Bloqueio imediato Em contato com a EPTV Sul de Minas, afiliada da Rede Globo, o Cefet-MG informou que os recursos já foram bloqueados e que imediatamente a direção passou a estudar como serão feitos os remanejamentos de verbas e um novo planejamento orçamentário. Ainda conforme o a instituição, os professores são efetivos então não serão afetados diretamente. No entanto, os prestadores de serviços terceirizados, como segurança e vigilância, podem sofrer o impacto da falta de verbas. Por fim, o Cefet -MG diz que acredita na reversão do corte, “que compromete o futuro da educação pública no Brasil”. O que diz o MEC Em nota, o Ministério da Educação afirmou que "o critério utilizado para o bloqueio de dotação orçamentária foi operacional, técnico e isonômico para todas as universidades e institutos" em decorrência de restrição orçamentária. Diz ainda que o corte preventivo "incide sobre os recursos do segundo semestre para que nenhuma obra ou ação seja conduzida sem que haja previsão real de disponibilidade financeira para que sejam concluídas". Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas
Ler 30 vezes

Atendimento ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Suporte ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Depto financeiro:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Publicidade & Propaganda: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Notícias

Vídeos

Guia Comercial

Nossa Empresa

Please publish modules in offcanvas position.