Quinta, 10 Setembro 2020 16:20

Secretário de Saúde Geraldo Medeiros quer ampliar programa “cãoterapia” na Rede Hospitalar Estadual da Paraíba

Secretário de Saúde Geraldo Medeiros quer ampliar programa “cãoterapia” na Rede Hospitalar Estadual da Paraíba

Por Edmilson Pereira - em 3 minutos atrás 11

O Secretário de Saúde

da Paraíba, Geraldo Medeiros, anunciou nesta quinta-feira (10) que a pasta vai expandir o programa  cãoterapia, que já funciona nos Hospitais de Emergência e Trauma de João Pessoa e Campina Grande e no Complexo Psiquiátrico Juliano Moreira.

A cãoterapia é um programa que permite que bichos de estimação devidamente treinados visitem pacientes e profissionais de saúde, humanizando o ambiente impessoal de um hospital.  “O contato com o cão pode diminuir estresse e dores de pessoas enfermas e hospitalizadas”, justifica o secretário Geraldo Medeiros.

A intenção da visita é estimular a socialização dos pacientes, que se tornam mais receptivos ao ambiente hospitalar. De acordo com a presidente da TeraPET, Kariny Quidute, as pessoas ficam mais alegres com a presença dos cães, distraindo não só a tensão de quem está internado, como também dos que estão em serviço. “Ficamos emocionados em ver a criança alisando o cachorro, esquecendo a dor por alguns minutos. Toda vez que a gente vai, é uma emoção diferente, são pessoas e pacientes diferentes, reações diferentes”, afirma.

Para participar do programa e das visitas, o cão precisa passar por um rigoroso critério, como ter o cartão de vacinação em dia, ter autorização de um veterinário dando condições para eles frequentarem um hospital e também apresentar bom comportamento. “O cão tem que saber os comandos básicos “senta”, “fica”, “deita”, não ser reativo a som, ser tranquilo no sentido de a criança chegar e não querer pular, não latir quando estiver na presença de outro cão. Quando o animal não está muito dentro do perfil, recomendamos adestrar ele”, explica.

O Hospital de Trauma de Campina Grande foi a primeira unidade da Paraíba a implantar o programa. Segundo o secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, a cãoterapia é importante na humanização e recuperação dos pacientes, sobretudo pediátricos. “Implantamos a Terapia Assistida por Animais no hospital em 2017, enquanto ainda diretor do Trauma de Campina Grande e percebemos a importância do programa. O TeraPet tem todo o respaldo da Secretaria de Saúde para atuar nos Hospitais da Rede Estadual”, reforça.

A proposta da secretaria de saúde do Estado da Paraíba é tentar ampliar o programa para o máximo de hospitais possíveis da Rede Estadual para poder levar essa parte assistencial humanizada para pacientes e funcionários. O Complexo Pediátrico Arlinda Marques e o Ambulatório pós Covid-19, que funciona no Clementino Fraga, serão os próximos serviços incorporados ao programa. A terapia com cães não promete a cura dos pacientes, mas resulta em benefícios físicos e mentais para quem recebe as visitas.

Fonte: Paraíba Notícia e Assessoria de Imprensa

Ler 15 vezes

Atendimento ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Suporte ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Depto financeiro:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Publicidade & Propaganda: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Notícias

Vídeos

Guia Comercial

Nossa Empresa

Please publish modules in offcanvas position.