Domingo, 06 Setembro 2020 07:56

Mapa do distanciamento controlado tem 7 pedidos para reconsiderar bandeiras no RS


Governo estadual informou que recursos da 18ª semana são para ir da bandeira vermelha para a laranja. Mapa definitivo será divulgado na segunda-feira (7) e passa a valer na
terça (8). Mapa preliminar do distanciamento controlado do RS na 18ª semana Governo do RS/Reprodução O governo do Rio Grande do Sul informou, neste domingo (6), que recebeu sete pedidos para reconsiderar a classificação preliminar por parte de municípios e de associações regionais, na 18ª rodada do distanciamento controlado. O número de recursos é o mesmo da semana passada. O mapa preliminar, divulgado na sexta-feira (4), apontou 12 regiões com alto risco (bandeira vermelha) de contágio e 9 com risco médio (laranja) . Todos os pedidos de reconsideração são de bandeira vermelha para laranja. Entenda o que é permitido na bandeira vermelha do distanciamento controlado Os pedidos de reconsideração serão avaliados pelas equipes técnicas do governo. Mapa definitivo será divulgado na segunda-feira (7) e passa a valer a partir da 0h de terça (8) até às 23h59 de segunda (14). De acordo com o governo estadual, há 11 semanas, desde que foi permitindo às associações regionais e municípios o pedido de redução na classificação de risco em um prazo de 36 horas após a divulgação do mapa preliminar, sete foi o menor número de recursos enviados. Capão da Canoa, Taquara, Novo Hamburgo, Canoas, Guaíba, Porto Alegre, Palmeira das Missões, Erechim, Santa Cruz do Sul, Lajeado, Santo Ângelo e Cruz Alta são as 12 regiões classificadas em vermelho. As demais estão em bandeira laranja. Conforme o mapa preliminar, 261 municípios estão classificados em bandeira vermelha, onde moram 6,7 milhões de pessoas — o equivalente a 59,5% da população gaúcha. Cogestão O governo informou que 16 regiões tiveram atendidos os pedidos de cogestão e podem adotar protocolos alternativos: Capão da Canoa, Taquara, Novo Hamburgo, Canoas, Porto Alegre, Santo Ângelo, Cruz Alta, Ijuí, Santa Rosa, Palmeira das Missões, Passo Fundo, Pelotas, Caxias do Sul, Cachoeira do Sul, Santa Cruz do Sul e Lajeado. Apenas Bagé, Guaíba, Uruguaiana e Santa Maria não têm um plano regional. Erechim apresentou no fim da tarde de quinta (3) e aguarda aprovação do governo estadual. A adoção de protocolos alternativos não altera as cores do mapa definitivo, que será divulgado após análise dos recursos. Bandeira Vermelha Porto Alegre Canoas Novo Hamburgo Capão da Canoa Palmeira das Missões Taquara Santo Ângelo Guaíba Pelotas Santa Cruz do Sul Lajeado Cruz Alta Bandeira Laranja Bagé Santa Maria Cachoeira do Sul Caxias do Sul Erechim Ijuí Uruguaiana Santa Rosa Passo Fundo Já os 120 municípios em bandeira vermelha que não têm registro de óbito ou hospitalização de moradores nos últimos 14 dias (554 mil habitantes, ou 4,9% do RS) podem adotar protocolos de bandeira laranja.
Ler 19 vezes

Atendimento ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Suporte ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Depto financeiro:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Publicidade & Propaganda: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Notícias

Vídeos

Guia Comercial

Nossa Empresa

Please publish modules in offcanvas position.