Sábado, 22 Agosto 2020 10:27

Jovem é estuprada por dois adolescentes dentro de casa durante roubo, em Boa Vista


Assalto foi cometido por quatro adolescentes, entre eles uma menina, e dois deles abusaram sexualmente da vítima. Polícia Civil apreendeu dois dos infratores; crime é investigado pela Deam. Delegada
Verlânia Silva de Assis, da Deam, onde ocorem as investigações do caso Polícia Civil/Divulgação Uma jovem, de 20 anos, foi estuprada durante um roubo na própria casa, no bairro Cidade Satélite, zona Oeste de Boa Vista. A Polícia Civil informou neste sábado (22) que o assalto teve a participação de quatro suspeitos, todos adolescentes, e que dois deles abusaram sexualmente da vítima. Dois dos infratores foram apreendidos nessa sexta-feira (21), um deve se apresentar à Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) acompanhando de um advogado, e a quarta suspeita, uma garota de 17 anos, é procurada pela polícia. O crime foi na última quarta-feira (19) e foi classificado pela polícia como um "crime bárbaro". No dia, segundo a Polícia Civil, dois adolescentes, de 17 anos, cortaram a cerca elétrica, pularam o muro e entraram no imóvel por uma janela. Armados com uma faca, eles ameaçaram matar os cachorros caso a vítima não abrisse a porta do quarto. A jovem estava sozinha. Os infratores roubaram um televisor de 55 polegadas, um notebook, perfumes e joias. A adolescente que ainda não localizada pela polícia ficou em frente à residência, fazendo a vigilância e dando cobertura aos comparsas. Imagens de câmeras de segurança flagraram quando os suspeitos saíram correndo do local. Na ação, os infratores deixaram a TV escondida no quintal. Depois, um dos garotos, acompanhando de um comparsa, voltou ao local para buscar o aparelho, e os dois estupraram a jovem, informou a Polícia Civil. Ao saírem da residência, com o televisor, eles usaram uma motocicleta. As investigações identificaram que eles alugaram a moto por R$ 40. A Polícia Civil investiga se o dono do veículo teve participação no crime. Um dos envolvidos que estuprou a vítima é o que a Polícia Civil ainda não localizou. A polícia chegou até os suspeitos após a vítima o registro de boletim de ocorrência na delegacia. O crime é investigado pela Deam. Na Deam, a delegada Verlânia Silva de Assis, responsável pelo caso, autuou os dois adolescentes detidos nos crimes de roubo qualificado, em razão do concurso de pessoas e a utilização de armas brancas, e estupro. Contra ele foi feito um Auto de Apreensão em Flagrante por Ato Infracional (AAFAI). A ação para esclarecer o crime, identificar, localizar e deter os envolvidos teve o apoio do Grupo de Resposta Imediata (GRI), que composto por policiais do 1º, 2º e 3º Distritos Policiais, além do Núcleo de Inteligência. O grupo de infratores deste caso, ainda conforme a Polícia Civil, "estava aterrorizando a população do Bairro Cidade Satélite." “Este grupo estava aterrorizando a população do Bairro Cidade Satélite, tendo iniciado sua carreira infracional com a prática de furtos a residências e, já evoluiu, como vimos, para roubos e até mesmo violência sexual. A ruptura do vínculo entre eles e suas apreensões pela Polícia Civil, certamente, vai impactar na redução dos indicadores estratégicos de crimes, no bairro Cidade Satélite e entorno”, disse o delegado Marcos Lázaro, diretor do Departamento de Polícia Judiciária da Capital (DPJC).
Ler 10 vezes

Atendimento ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Suporte ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Depto financeiro:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Publicidade & Propaganda: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Notícias

Vídeos

Guia Comercial

Nossa Empresa

Please publish modules in offcanvas position.