Imprimir esta página
Domingo, 31 Mai 2020 15:23

Chapecó passa de mil casos confirmados de Covid-19, diz prefeitura


Dados foram registrados no 78º dia do primeiro caso confirmado no município. Hospital Regional do Oeste referência no tratamento da Covid-19 na região Julio Cavalheiro / Secom Chapecó chegou
a 1.001 casos confirmados de novo coronavírus neste domingo (31), maior número atualmente entre os municípios de Santa Catarina. O primeiro paciente foi diagnosticado com a doença há 78 dias. As informações foram divulgadas pela prefeitura. Desde o início do mês, Chapecó teve um aumento de 891% na quantidade de casos registrados. Eram 101 no dia 1° de maio, segundo o boletim municipal (Veja abaixo a curva epidêmica). Em relação aos dados da Secretaria de Estado da Saúde, atualizado no sábado (30), o município do Oeste catarinense estava com 905 pacientes com Covid-19. Curva epidêmica dos casos confirmados e evolução dos óbitos Prefeitura de Chapecó/ Divulgação Mortes e ocupação de leitos Quatro pessoas morreram em decorrência de Covid-19, sendo que o primeiro registro ocorreu em 17 de maio, segundo o boletim da prefeitura. Nove pessoas estão internadas em leitos de UTI de hospitais públicos ou privados. Outros cinco estão em enfermarias. Outras 542 pessoas cumprem isolamento domiciliar, 441 são considerados recuperados. Desde março, a Vigilância Epidemiológica no município monitorou mais de 3,2 mil casos, sendo que 1,4 mil casos foram descartados. Testes e restrições Segundo a Prefeitura de Chapecó, todos que procuram os serviços de saúde municipal com sintomas gripais estão sendo submetidas a testes laboratoriais. Já os testes rápidos são voltados aos profissionais da saúde e segurança pública também. A circulação do transporte coletivo e as aulas em rede pública e privada estão suspensas em Chapecó, assim como em todo território catarinense por tempo indeterminado por decreto estadual. Além disso, segue fechado por tempo indeterminado todos os parques, praças e outros locais públicos da cidade para evitar aglomerações. Uso de máscaras é obrigatório na cidade, assim como uso de álcool em gel e distanciamento nos estabelecimentos que podem funcionar. Ambulatórios de campanha e equipamentos Os espaços de atendimento foram ampliados nesta semana, um dos ambulatórios de campanha foi alterado de endereço e passou a funcionar no Ginásio de Esportes Ivo Silveira. No local, adultos e crianças recebem os atendimentos com sintomas de Covid-19 ou com problemas respiratórios. Além disso, também foi disponibilizado os serviços no bairro Efapi, com 24 horas de atendimento, incluindo sábados, domingos e feriados. Ginásio Ivo Silveira vira ambulatório para pacientes com sintomas de Covid-19 em Chapecó Na sexta-feira, 29, o Hospital Regional do Oeste, referência no tratamento da Covid-19 na região, recebeu um reforço para o enfrentamento da doença. Foram ativados dez novos leitos de UTI, com a entrega de ventiladores pulmonares feitas pelo governador Carlos Moisés. Governador de SC visita Chapecó e avalia enfrentamento da pandemia Chapecó é única cidade de SC com mais de 200 mil habitantes sem mortes por Covid-19 Chapecó tem caso de coronavírus em indígena e MPF faz recomendações a autoridades Prefeitura de Chapecó diz que terá 'lockdown' quando leitos em hospitais chegarem a 80% de ocupação 'Não vamos atender à indicação do Estado', diz prefeito de Chapecó sobre fechar comércio não essencial Initial plugin text
Ler 24 vezes