Quarta, 10 Outubro 2018 14:23

Bolsonaro responde Fernando Haddad após polêmica sobre debate

Avalie este item
(0 votos)

(Reprodução/Instagram/Veja SP)

Jair Bolsonaro publicou, nesta quinta (11), uma montagem com trechos de matérias antigas que citam candidatos petistas à presidências que também faltaram a eventos em eleições passadas.

O compartilhamento aconteceu após a cobrança feita por Fernando Haddad (PT) pela presença do candidato do PSL nos debates para o segundo turno.

O político relembrou as ausências dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva em 2006 e Dilma Rousseff em 2010. Nesta quarta (10), Fernando Haddad publicou no Twitter: “Eu estou disposto a ir até uma enfermaria se for preciso para debater o Brasil. Ninguém pode ser eleito sem apresentar as suas propostas ao povo”. Confira: 

Vamos fazer uma campanha propositiva e demarcar as diferenças entre projetos. Agora, meu adversário precisa participar dos debates. Eu estou disposto a ir até uma enfermaria se for preciso para debater o Brasil. Ninguém pode ser eleito sem apresentar as suas propostas ao povo.

— Fernando Haddad 13 (@Haddad_Fernando)

Bolsonaro foi vetado pelos médicos de participar de eventos de campanha de rua ou debates. Ele passou por avaliação médica na manhã desta quarta (10). “Por enquanto ele não está liberado [para eventos de campanha]. Não sei a respeito do debate, sei que na quinta-feira [dia 18] ele estará conosco no [Hospital Albert] Einstein”, disse Macedo ao . O candidato passará por uma nova avaliação na quinta (18). 

Após ver as declarações de Haddad, Bolsonaro escreveu que Haddad é “marmita de corrupto preso”, também nesta quarta (10).

Calma que sua hora vai chegar, marmita de corrupto preso!

— Jair Bolsonaro 1️⃣7️⃣ (@jairbolsonaro)

A justificativa de Lula para não comparecer ao debate no primeiro turno de 2006 foi evitar “grosserias e agressões”, segundo nota enviada pela campanha para a Globo três horas antes do debate. Em 2010, Dilma Rousseff não compareceu ao debate promovido pela Associação Comercial de São Paulo e foi criticada por José Serra. Em 2014, a ex-presidente da República faltou novamente, desta vez à entrevista ao Jornal da Globo. 

Ler 31 vezes

Atendimento ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Suporte ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Depto financeiro:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Publicidade & Propaganda: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Notícias

Vídeos

Guia Comercial

Nossa Empresa

Please publish modules in offcanvas position.