Tsunami na Indonésia: Deslizamento da lateral de vulcão pode ter causado ondas gigantes

Quinta, 05 Outubro 2017 09:23

Como a Coreia do Norte influenciou escolha do Prêmio Nobel da Paz

Direito de imagemReuters
Image caption Escolha de Campanha Internacional pela Abolição das Armas Nucleares foi reconhecimento por 'esforços sem precedentes para obter um tratado proibindo armas deste tipo'

A Campanha Internacional pela

Abolição das Armas Nucleares (Ican) foi a ganhadora do Prêmio Nobel da Paz de 2017. A decisão foi anunciada nesta sexta-feira em Oslo pelo comitê norueguês que anualmente confere a honraria - todos os outros prêmios são distribuídos pela Suécia.

No ano passado, o vencedor foi o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, por seu papel nas negociações de paz com o grupo paramilitar Farc.

Com base na Suíça, a Ican trabalha com mais de 460 ONGs em 101 países. Tudo isso com um orçamento de apenas US$ 1 milhão, com base em doações particulares e de governos da Escandinávia e da União Europeia, além do Vaticano.

Em um ano marcado pelas tensões nucleares entre Estados Unidos e Coreia do Norte, a presidente do júri, Berit Reiss-Andersen, disse que o Nobel foi um reconhecimento pelos "esforços sem precedentes da campanha para obter um tratado proibindo armas deste tipo".

Além disso, Washington reacendeu as tensões com o Irã após o presidente Donald Trump afirmar, na quinta-feira, que o país do Oriente Médio não está cumprindo o acordo de manter pacífico seu programa nuclear.

Direito de imagemEPA
Image caption Anúncio ocorre em meio à escalada de tensões por conta de programa balístico e nuclear norte-coreano

"Vivemos em um mundo em que o risco de uso de armas nucleares é mais alto do que em anos passados", disse Reiss-Anderson, que citou o caso da Coreia do Norte.

A norueguesa pediu que todos os países com arsenais nucleares iniciem negociações de desarmamento.

"Armas nucleares têm o potencial de destruir o mundo. Enquanto elas existirem, o risco vai existir. E um dia nossa sorte vai acabar".

O único tratado de não-proliferação existente atualmente, assinado em julho, na sede da ONU, em Nova York, tem o apoio de 122 nações, mas nenhuma das nove que já desenvolveram capacidade bélica atômica - EUA, Rússia, China, França, Reino Unido, Índia, Paquistão, Coreia do Norte e Israel.

Especialistas em assuntos militares estimam que haja cerca 15 mil artefatos nucleares ao redor do mundo.

Como o Nobel é decidido?

Direito de imagemGetty Images
  • Candidatos podem ser sugeridos por uma série de pessoas credenciadas pelo Comitê do Nobel até 1º de fevereiro do ano do prêmio
  • Todo os indicados são analisados pelo comitê - cujos cinco membros são nomeados pelo Parlamento norueguês - que fecham uma lista com 20 a 30 nomes
  • Um grupo internacional de conselheiros escreve relatórios individuais sobre os candidatos e, usando, esses relatórios, o comitê reduz ainda mais a lista de indicados
  • A decisão é tomada no final de setembro. Se não for unânime, ocorre uma votação por maioria simples
  • Após o anúncio, a cerimônia da entrega da medalha é realizada em 10 de dezembro, data da morte do cientista Alfred Nobel, o criador do prêmio
Ler 25 vezes

Atendimento ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Suporte ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Depto financeiro:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Publicidade & Propaganda: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Notícias

Vídeos

Guia Comercial

Nossa Empresa

Please publish modules in offcanvas position.