Policial

Sexta, 06 Outubro 2017 00:01

Cabeça de porco é arremessada em casa de família de muçulmanos na Inglaterra

Reprodução/BuzzFeed
A família de muçulmanos assistia à televisão quando a cabeça do porco foi arremessada contra a janela

Uma família de muçulmanos foi vítima de um provável crime de ódio no último sábado

(30). Moradores da cidade inglesa de Oldham, o grupo assistia à televisão quando um homem atirou uma cabeça de um porco contra a janela da sala. O pacote atravessou o vidro e quase atingiu duas crianças, um menino de 14 e uma menina de seis anos.

Segundo informações do Buzzfeed do Reino Unido, Ajaz Mahmood, pai das crianças, estava no trabalho quando recebeu uma ligação de sua esposa, Ghazala Kausar, que explicou o incidente. “Ela disse que alguém quebrou a janela e eu corri para casa”, contou o patriarca da família de muçulmanos.

Entretanto, o homem só percebeu o que realmente tinha acontecido quando chegou à porta da frente e viu a cabeça do porco, enrolada em um saco de plástico. Ele ainda detalhou que seus filhos ficaram muito assustados. “Os dois começaram a fazer perguntas, mas como eu explico isso a uma criança de seis anos de idade? O que você diz para eles? Eu disse que foi apenas uma pessoa estúpida”.

Os filhos do casal ficaram muito assustados, além de não conseguirem compreender a situação
Reprodução/BuzzFeed
Os filhos do casal ficaram muito assustados, além de não conseguirem compreender a situação


A ação das autoridades

Os policiais foram chamados imediatamente após a ocorrência, porém, Mahmood relatou que os oficiais demoraram três horas para chegar ao seu endereço pois “não consideraram o caso uma prioridade”. Porém, depois dos momentos de espera, a família pode conversar com os responsáveis e reportar a situação.

Agora, o caso está sendo investigado como um possível crime de ódio. Segundo o Buzzfeed, quase três mil incidentes do gênero foram registrados na região de Manchester, sendo que motivações raciais ou religiosas constituem quase 100% das denúncias.

Até o momento, as autoridades possuem as imagens de três homens que estacionaram nas proximidades da casa de Mahmood e Kausar. Um deles saiu do banco de trás e foi visto jogando algo pela janela da residência, possivelmente, um jovem de 18 anos com um capuz preto.

Para judeus e muçulmanos, os porcos são animais impuros, e por causa disso, os adeptos da crença não consomem a sua carne.

Ler 28 vezes

Atendimento ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Suporte ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Depto financeiro:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Publicidade & Propaganda: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Notícias

Vídeos

Guia Comercial

Nossa Empresa

Please publish modules in offcanvas position.