Lei de proteção de dados: saiba o que pode ocorrer se militares assumirem gestão

Sábado, 12 Setembro 2020 17:24

Desabamento de mina de ouro no Congo deixa pelo menos 50 mortos

Avalie este item
(0 votos)
Reprodução / Twitter @RoslieBM1
Pelo menos 50 pessoas morreram em mina de ouro no Congo

Pelo menos 50 pessoas morreram

quando uma mina de ouro artesanal desabou perto de Kamituga, em Mwenga, no Leste da República Democrática do Congo, nesta sexta-feira (11), de acordo com uma ONG local. Segundo a associação Congo Witness, o desastre atingiu três áreas do ponto de exploração do metal. O deslizamento teria ocorrido em razão de fortes chuvas no período da tarde.

"Cerca de 50 jovens acabam de sucumbir a um deslizamento de tera em uma mina de ouro em Kamituga / Mwanga. Paz às almas dos nossos compatriotas que desapareceram nesta situação macabra", afirmou uma ativista no Twitter.

Também na rede social, o pesquisador Dieudonné Bazika, especialista em organizações sociais, publicou um vídeo que mostra a comoção entre moradores nas proximidades da mina destruída e afirmou na postagem que a cidade de Kamituga está em "grande luto".

?? ? La ville de Kamituga dans un grand deuil; Au moins 60 morts dans un puits artisanal d'or au D3 Mobale en territoire de Mwenga au Sud-Kivu.
? Perte énorme ds des familles. @Presidence_RDC@TheoKASI@PrimatureRDC@mines_des@CTCPM_MINES_RDC@AKamituga@MaishaRdc@GouvSudkivupic.twitter.com/uoO9XstBEM

— Dieudonné Bazika (@BazikaDieudonne) September 11, 2020

"Perda enorme para suas famílias", acrescentou.

Segundo informações locais, as condições de trabalho são difíceis em minas de ouro no país, com muitas delas sem ter o costume de atender regras de segurança, o que resulta em acidentes semelhantes ao mais recente.

O prefeito Bundya Mpila Alexandre informou que equipes de resgate foram enviadas ao local do desabamento para tentar encontrar os corpos das vítimas.

"Vários mineiros estavam na mina que ficou coberta e ninguém conseguiu sair", disse Emiliane Itongwa, presidente da Iniciativa de Apoio e Supervisão Social da Mulher.

A mina não estava localizada na área concedida à mineradora canadense Banro Corporation, disse o presidente-executivo da empresa.

Atendimento ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Suporte ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Depto financeiro:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Publicidade & Propaganda: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Notícias

Vídeos

Guia Comercial

Nossa Empresa

Please publish modules in offcanvas position.