Tribunal francês determina prisão de acusados de roubar mural de Banksy do Bataclan

Oito pessoas foram condenadas a até quatro anos de prisão. Obra roubada em janeiro de 2019 foi encontrada em 2020. Mural de Banksy recuperado pela polícia após ser roubado do Bataclan Ufficio Stampa Carabinieri/Divulgação via REUTERS Um tribunal francês condenou oito pessoas, nesta quinta-feira (23), pelo roubo de um mural feito pelo artista de rua Banksy na famosa casa noturna parisiense Bataclan e as condenou a penas de prisão de até quatro anos. Em junho de 2018, Banksy criou um mural de uma figura feminina triste e de véu em uma saída de incêndio do Bataclan, onde 90 pessoas foram mortas por atiradores durante uma onda de ataques simultâneos de militantes islâmicos em toda Paris em 13 de novembro de 2015. A porta, que foi roubada em janeiro de 2019, foi encontrada em 2020 em uma fazenda pela polícia italiana e devolvida à França.

Tribunal francês determina prisão de acusados de roubar mural de Banksy do Bataclan

Oito pessoas foram condenadas a até quatro anos de prisão. Obra roubada em janeiro de 2019 foi encontrada em 2020. Mural de Banksy recuperado pela polícia após ser roubado do Bataclan Ufficio Stampa Carabinieri/Divulgação via REUTERS Um tribunal francês condenou oito pessoas, nesta quinta-feira (23), pelo roubo de um mural feito pelo artista de rua Banksy na famosa casa noturna parisiense Bataclan e as condenou a penas de prisão de até quatro anos. Em junho de 2018, Banksy criou um mural de uma figura feminina triste e de véu em uma saída de incêndio do Bataclan, onde 90 pessoas foram mortas por atiradores durante uma onda de ataques simultâneos de militantes islâmicos em toda Paris em 13 de novembro de 2015. A porta, que foi roubada em janeiro de 2019, foi encontrada em 2020 em uma fazenda pela polícia italiana e devolvida à França.