União Africana pede análise de mortes na travessia para a Espanha

Número de mortos na fronteira entre Marrocos e enclave espanhol no Norte da África pode chegar a 37, segundo organizações não-governamentais marroquinas

União Africana pede análise de mortes na travessia para a Espanha
União Africana pede investigação sobre 23 imigrantes mortos ao tentarem entrar na EspanhaAFP

Enquanto as autoridades marroquinas dizem que 23 pessoas morreram, organizações não governamentais apontam que o número de mortes pode chegar a 37.

Ele continuou: “Peço uma investigação imediata sobre este assunto e lembro a todos os países de suas obrigações sob o direito internacional de tratarem os migrantes com dignidade e priorizar sua segurança e direitos humanos, limitando qualquer uso excessivo da força”.

Leia mais...